4.jul.2011

1º ano – A festinha

A festa do Antônio não foi do jeito que sempre imaginei, foi MUITO MELHOR! Com a ajuda de amigas muito especiais tudo ficou pronto a tempo, e a manhã da festa foi tranquila. Consegui almoçar, tomar banho, e fazer tudo que estava imaginando. Não fui em cabeleireiro, nem em maquiadora, mas nada que um difusor, e uma amiga maquiadora não resolvam!

O dia estava horrível, chuva, muito frio, em um momento eu fiquei preocupada de muita gente faltar, mas acho que somos pessoas queridas, pois faltaram apenas 3 pessoas, e outras 2 que tinham dito que não iriam, conseguiram ir, então foi ótimo!

O horário da festa foi super bom, o Antônio não dormiu durante a festa, mesmo mamando ele aguentou firme e forte! O horário foi respeitado, eu coloquei no convite das 16:00 as 20:00, e deu tudo certo, chegou 20:10 meus pais levaram ele para casa, para jantar, e nós ficamos arrumando o salão, a família do Guto (maridão) ajudou muito durante a festa, e no pós também, impressionante como é bom ter pessoas que podemos contar, e como a união faz a força, em poucas horas arrumamos todo o salão, e não ficou nada para o dia seguinte, essencial para nosso descanso no domingo.

Contratamos 2 garçons, tinha umas 60 pessoas, e optamos por não contratar ninguém para ficar na copa, por pura economia, daí a minha cunhada, a tia do Guto, a minha sogra ficaram por ali se revezando, eu também fiquei um pouco, mas tinha que ficar entre os convidados,valeu família!

A hora do parabéns, imagina o que aconteceu? Dou um doce para quem acertar! Sim eu chorei, sim tentei me segurar, mas a emoção desse primeiro ano rolou solta!Não, ninguém reparou (eu espero), pois olhavam para o aniversariante, que chorou um pouco no final das palmas…(ou talvez ele reparou que chorei e chorou junto).Eu chorei mesmo, de felicidade, de emoção por ver meu bebê completando 1 ano cheio de saúde, alegria, e amigos que amam ele. Chorei porque só quem é mãe sabe que o primeiro ano não é fácil, ainda mais para quem é mãe em tempo integral!Um ano cheio de felicidades, conquistas, saúde,amor,e adaptações!O ano mais feliz das nossas vidas…

A festa passou mega rápido, mas foi a melhor festa de 1 ano que eu fiz.rs O guri aproveitou muito, se divertiu, brincou, andou por todo o salão, sorriu, e dividiu o dia, a alegria desse dia tão especial com todos os convidados! Acho que ele entendeu que a festa era dele, para ele e aproveitou muito! O mais engraçado, é que durante a manhã eu murmurava que ano que vem quero viajar no aniversário dele, porque os nossos aniversário são muito perto, do pai, dele e meu, daí a gente faz uma viagem em família bem divertida. Só que no final da festa, eu estava tão feliz, tão realizada, tão tão, que o cansaço passou, e eu já estava pensando na festa dos 2 anos!rs Vai me entender!É como o parto, a gente sente as dores, de cesária ou normal, e esquece depois, e já planeja o segundo filho!

Antônio ganhou muito presentes, roupas lindas, brinquedos, eu não sou de falar mal de presente, pois na minha opinião presente que é dado de coração é um bom presente! Nós trocamos algumas coisas ontem mesmo, aproveitamos que a minha mãe estava aqui, teve brinquedo de idade errada e nós guardamos para dar mais para frente, teve roupa muito grande que achei que não valia a pena guardar, e troquei, teve roupa pequena, que também trocamos. Antônio amou tudo, e abrir os presentes não é muito com ele… ele não curtiu muito!

Agradeço de coração a toda ajuda durante o pré festa, na festa e no pós festa, amigas vocês foram muito importante, graças a todas nós tudo deu certo, e a festa foi um sonho realizado. OBRIGADA!

O melhor de tudo é que posso olhar para trás e ter certeza que dei o meu melhor, que se tivesse a oportunidade de fazer algo diferente não faria, foi tudo como sempre quis!
Ah, para o texto não ficar muuuuito longo, eu vou separar a festa por partes, post da decoração, e do comes e bebes em breve!
Espero que gostem!
BOA SEMANA!
Beijos

Meu amor maior, querendo andar a festa inteira!
Nossa família: muito amor, muita união, muito sentimento bom!
Eu já fui um bebêzinho da mamãe…

Comente pelo Facebook

Leia mais!