23.dez.2011

Mas é ciúme, ciúme de você…

O Antônio é filho único, o gurizinho da mamãe, e para quem acredita em horóscopo, vale lembrar que ele é canceriano que nem a mamãe. Então vocês conseguem imaginar que nos seus 1 ano e 5 meses de vida ele teve toda atenção só para ele. Só que quando estamos com meus priminhos, ou mesmo meu sobrinho, se dou colo para um deles, é ciúme na certa. É beiço. É cara de choro até eu soltar a outra criança, e claro que ele já quer colo, para mostrar quem é dono do território.
Claro que eu acho fofo ele querer a mamãe só para ele. Eu sei que é uma fase, que é a idade, ao menos eu espero… E como os primos e sobrinho são maiores entendem que o Antônio é “bebê”. Mas eu fico com aquele sorriso amarelo, né? E depois me gabo para o marido,claro.
Acho que ele está entrando numa fase que tudo é dele. O papai. A mamãe. A bolacha. Os brinquedos.
E como eu sei, que logo,logo ele terá outras prioridades: o futebol, o skate, os amigos, eu aproveito mesmo!
Sem contar quando ele tem ciúmes do pai. Quando abraço o marido, ele fica doido. Daí a gente pega ele, e dá abraço triplo, ele é bem filho da mãe dele.
Pensando bem, enquanto ele não descobrir que pode se tocar no chão, gritar, espernear, urrar, eu estou no lucro, não é mesmo?
E vocês que tem filhos mais velhos que o Antônio, confirmam as minhas intuições?
É só uma fase esse ciúme? Vai passar logo, ou ainda vou passar por situações constrangedoras?
E vocês que são mães de bebês fofos e risonhos, se preparem, pois seu bebê ficará possessivo, birrento, ciumento, e grudado na mãe, ainda mais nesse verão que chegou ontem!
Quem tem um bebê ciumento em casa põe o dedo aqui… 0/

A mãe é minha,pô!

Comente pelo Facebook

Leia mais!