24.jul.2017

5 dicas motivacionais na reeducação alimentar!

oi gurias, hoje Camila Lumertz que é nutricionista e coach traz dicas para quem está fazendo ou quer começar, uma reeducação alimentar! 0/

Oi meninas, tudo bem?

Com esse friozinho dando as caras é importante lembrarmos algumas dicas para não colocarmos tudo a perder em se tratando de reeducação alimentar e perda de peso no inverno.

E muitas vezes o que nos desmotiva no meio do caminho é que somos um tanto imediatistas. É importante lembrar que tudo é um processo a ser construído e pensando nessas questões deixo aqui  5 dicas para motivar vocês nessa caminhada.

5dicasRA

Photo by Henrique Félix on Unsplash

1° – Não se cobre tanto: se você está acima do peso pergunte-se em quanto tempo você chegou nesse peso? Quantos meses, anos convivendo com vários hábitos errados? E para você mudar esses seus hábitos ruins por hábitos saudáveis  é preciso que essa  construção seja feita com muita  persistência, afinal não se modifica hábitos da noite para o dia não, é preciso ter paciência consigo mesma e ter consciência que os erros e deslizes também fazem parte dessa caminhada.

 2° – Lembre-se o quanto a sua saúde e a sua disposição serão beneficiados com sua reeducação alimentar e que essa mudança precisa ser para a vida toda, pois, caso contrário, você tem grande chance de entrar no famoso e temido ‘’efeito sanfona’’. A sua mente precisa ter muita clareza dos seus ganhos, caso contrário a sua motivação pode cair facilmente.

3° – Corrija aos poucos a sua atitude em relação a sua alimentação! Não seja radical tentando mudar tudo de uma vez. Quando nos privamos de absolutamente tudo que gostamos fica mais muito mais fácil ter recaídas. O excesso de restrição pode gerar sim um gatilho para a compulsão alimentar. Portanto, leve a sério sua reeducação alimentar e não aposte em dietas malucas.

4° – Lembre-se que você é a única responsável por suas escolhas: por isso não culpe as crianças, o maridão, a mãe, as amigas pelos seus deslizes com a alimentação. Não se coloque na situação de vitima, afinal é você quem decide o que é melhor para você e o que realmente deve fazer para chegar cada vez mais perto dos seus objetivos.

5° – Controle suas emoções! Quando estamos emocionalmente bem e com consciência sobre nossos comportamentos  fica mais fácil de observar e administrar as ”reações” diante da comida. Inclusive se você foca demais em não comer algo, de qualquer forma, o seu foco está sobre a comida. E aqui é preciso justamente mudar o foco. O que você pode fazer de bom, de maravilhoso que te alegre, te energize, te anime, te faça sentir viva e que não esteja relacionado a comida? Muitas vezes a comida ocupa esse espaço porque ele não está sendo alimentado por coisas boas, que você REALMENTE goste de fazer.

Espero que essas dicas ajudem vocês a se manterem mais motivadas e focadas na busca pelo peso saudável, por mais saúde e qualidade de vida!

Para mais dicas curtam a minha fan page Nutricionista e Coach Camila Lumertz

Um grande beijo!

Camila Lumertz

Comente pelo Facebook

Leia mais!