19.nov.2020

Acolhimento – Ferramenta poderosa para qualquer momento.

Você já deve ter ouvido em algum momento do seu maternar a palavra acolhimento. Se pesquisarmos no dicionário, acolher significa oferecer ou obter refúgio, proteção ou conforto físico; abrigar(-se), amparar(-se). Que significado mais gostoso para essa palavra, não é?!

Ao acolher nossos filhos, estamos amparando, confortando, oferecendo proteção e refúgio.

Você tem o hábito de acolher o seu filho? Mesmo quando acontece aquele ataque de birra descomunal? Pois, é nesse momento que o seu filho mais precisa!

Talvez você esteja se perguntando: como vou acolher enquanto ele está esperneando, chorando e batendo? Procure identificar o que está por trás dessa birra (fome, sono, frustração…) e veja pelo lado da sua criança.

Acolher não significa concordar com o mau comportamento, mas sim que você está ali, para ampará-lo, confortá-lo e que pretende ajudá-lo com o problema.

Você pode acolher oferecendo um simples abraço. Muitas vezes, é tudo o que a sua criança precisa! Você pode acolher dizendo que entende que não poder comer biscoito na hora do jantar deve deixá-la muito chateada, e que ela poderá comer o biscoito de sobremesa ou na hora do lanche (acolhendo, sem concordar).

E quando usar o acolhimento?

Na dúvida, use para TUDO! Você já deve ter escutado de alguém que acolher deixa a criança “mimada”, ou “cheia de vontades”. Mas, deixa eu te contar: tudo isso são absurdos! Acolher não deixa ninguém mimado. Acolher fortalece o vínculo entre pais e filhos. O que deixa mimada é fazer absolutamente todas as vontades e deixar a criança te controlar. Consegue perceber a diferença?

Acolha seu filho se ele tem 1 mês, 12 meses, 60 meses, 10 anos, 15 anos… Ou seja, acolha sempre!

Jenifer Oliveira é Educadora Parental em Disciplina Positiva, Psicopedagoga, Pós-graduanda em Psicologia Infantil e Professora de Educação infantil. Atua em sala de aula com crianças pequenas e também em orientação de pais. Insta: @aminhapedagoga

Comente pelo Facebook

Leia mais!