23.nov.2012

Alimentação na gestação X Paladar das crianças. Tem relação?

gravidasaudavelO bebê começa a sentir o sabor por volta da 12º semana de gestação. Estudos mostram que o líquido amniótico que envolve o bebê pode ter um odor forte de cominho, cebola ou outras substâncias ligadas diretamente a dieta da mãe. No último trimestre de gestação o feto engole até um litro de líquido por dia. Sendo que nele estão contidos os sabores da alimentação materna, estes sabores são levados até os receptores sensoriais do bebê.

Então se seu filho não gosta de comer vegetais e legumes o problema pode ter iniciado durante a gestação.

Alguns estudos revelaram que os bebês que foram expostos ao sabor da cenoura durante a gravidez ou amamentação faziam menos caretas enquanto comiam cenoura.

Pesquisas foram realizadas com bebês, de 4 a 6 meses, para saber se existia uma diferença entre aqueles alimentados com leite industrial e os que só tomavam leite materno. Os pesquisadores descobriram que as crianças que mamavam no peito aceitavam um novo legume mais rápido. Isso se deve ao fato de que esses bebês são expostos a uma grande variedade de sabores transmitidos pelo leite materno, enquanto as crianças alimentadas com leite industrial conheciam apenas um sabor.

O alho quando presente na dieta materna durante a gestação e amamentação faz com que o bebê saboreie por mais tempo o leite materno.

Assim, o gosto de um adulto por temperos como curry ou alho pode ter relação com o ambiente vivido durante a fase fetal.

Então você que está neste período maravilhoso que é a gestação…pense como você quer que seu filho se alimente na infância e fase adulta…Pois os alimentos ingeridos na gestação põe o feto em contato com um sabor, e isso influenciará a sua aceitação futura.

Estes estudos confirmam a importância de uma dieta variada e saudável tanto durante a gestação quanto durante a amamentação.

 

SERVIÇO:
Jociane Catafesta
CRN2 6376
Nutricionista Funcional
Personal Diet (Gestante, Pós Parto, Baby e Familiar)
Mestre em Gastroenterologia/UFRGS
Aperfeiçoamento em Nutrição Infantil

 

 

Comente pelo Facebook

Leia mais!