6.ago.2014

Anticoncepção e Amamentação

anticoncepcao_amamentando

Mamães, após o parto, vem a dúvida: o que usar para não engravidar novamente?

É importante lembrar que as pilulas mais conhecidas, com estrogênios, não devem ser usadas neste período, pois podem diminuir a produção do leite. Também os métodos naturais como a tabelinha não são viáveis no período pós parto, pois a mulher pode ficar sem menstruar por vários meses após o parto e a ovulação pode ocorrer em diferentes momentos para cada uma.

Mas existem várias opções: Pilula só com progesterona, injetável trimestral , preservativos ,Diu com ou sem hormônio, Implante subcutâneo.

  • A pilula só com progesterona é usada de madeira contínua, sem intervalos entre as cartelas, e a maioria das mulheres nāo menstrua quando está tomando. No entanto, podem ocorrer sangramentos pequenos e irregulares. É importante nāo esquecer de tomar todos os dias, o que as vezes é dificil quando se está com a rotina alterada entre noites mal dormidas e tantas novidades com a vinda de um bebê.
  • O injetável trimestral também só contem progesterona e a mulher pode ficar sem menstruar durante o uso. Os efeitos colaterais mais frequentes são pequenos sangramentos irregulares e retenção de liquido.
  • O Diu pode ser colocado a partir de 6 semanas após o parto. duram de 5 a 10 anos dependendo do modelo.Existem 2 tipos de Diu, os hormonais e os não hormonais. Os DIUs não hormonais podem aumentar o fluxo menstrual e as cólicas. O DIU hormonal diminui a menstruação e 70% das mulheres fica sem menstruar. A colocação em geral é feita no consultório medico e pode ser usada anestesia local, pois o procedimento pode dar cólicas.
  • Os implantes subcutâneos são pequenos bastões de silicone que liberam hormônio lentamente e duram de 3 a 5 anos. O procedimento deve ser feito por um medico e o implante normalmente é colocado no braço. O efeito colateral mais frequentes é sangramento irregular.
  • Camisinha, Vocês podem adquirir gratuitamente nos postos de saúde de todo Brasil, super eficaz e tem uma vantagem que nenhum dos outros métodos citados aqui tem, protegem contra doenças sexualmente transmissíveis.

São várias as opções para as mães que não pretendem engravidar enquanto amamentam, converse com seu médico para avaliarem o que é melhor no seu caso.

Abraço

Karla Simon Brouwers

Ginecologista e Obstetra  em Porto Alegre,