10.abr.2017

A boa mãe…

Quando um filho nasce, por vezes a mãe gostaria de colocá-lo numa “bolha” para que jamais se machuque! Eis a maior dificuldade da maternidade, aceitar que você não poderá proteger seu filho pra sempre!

Dizem que a boa mãe é aquela que se torna desnecessária com o passar do tempo, e eu concordo! É muito difícil vê-los cometerem os mesmos erros que cometemos, se frustrando com expectativas demais, se decepcionando com amigos e namoradas, mas o que seríamos de nós sem nossos tombos na vida?

Se tornar desnecessária não é deixar de se preocupar, nem deixar de amar, tão pouco deixar de estar perto/junto! Se tornar desnecessária é não deixar que o amor imensurável e incondicional de
mãe e pai, torne seus filhos dependentes, inseguros e acostumados a ter alguém que sempre “limpará” suas sujeiras.

Os filhos precisam entender que cada escolha na vida tem suas consequências e que eles são os responsáveis. Como pais, sempre iremos aconselhar, apoiar, mas a decisão será única e exclusivamente deles!

Os pais precisam entender que as nossas expectativas para os filhos são apenas nossas, que eles têm os planos e sonhos deles, não cabe a nós sonhar por eles!

O amor sempre será infinito, claro que não podemos esquecer de regar um pouco a cada dia! Sempre estaremos ao lado deles, na alegria e na tristeza, no sucesso ou no fracasso, nas horas boas e nas ruins, com um abraço apertado, sem julgamentos, mas que conforta e traz paz!

A maternidade é minha maior missão, e quero para sempre ser o porto seguro dos meus filhos! ❤️

Beijos

Angi

Foto: Mozart Newborn

Comente pelo Facebook

Leia mais!