22.jan.2013

Brincadeiras para meninos e meninas, sem distinção!

Já é mais do que comprovado que as brincadeiras são importantes para o desenvolvimento mental, motor ou social da criança. Brincando ela exercita a imaginação e a criatividade e desenvolve suas habilidades!

Eu brinquei muito na infância, mas cresci ouvindo que algumas brincadeiras eram apenas para menina. Outras, de menino. Não culpo a minha mãe, são coisas do tempo dela, que provavelmente escutou da mãe dela, que escutou da mãe dela, mas que hoje em dia não tem cabimento, né?


A sociedade mudou muito e a vida moderna exigiu novos comportamentos de homens e mulheres. Somos diferentes de nossos pais e nossos filhos viverão numa sociedade diferente da atual. Precisamos prepará-los para a vida e, nisto, as brincadeiras têm um papel muito importante.


Quando estimulamos nossos filhos a brincar livremente, sem distinguir o que é “próprio” para cada sexo, estamos permitindo que ele se desenvolvam de forma mais completa e harmoniosa, experimentando diferentes sensações e formando conceitos que serão importantes na vida adulta.


Tudo é questão de nos liberarmos de certos preconceitos, impostos pela sociedade, de que meninas brincam de casinha e comidinha para serem ótimas mães e/ou donas de casa, e meninos brincam de carrinho para serem ótimos motoristas, pilotos. Devemos tratar com naturalidade um homem que cozinha, uma mulher que dirige ou é policial.
Meninos podem brincar de bonecas e comidinha, e esses certamente se tornarão mais carinhosos com seus filhos. Meninas podem jogar bola, correr e subir em árvores, adquirindo mais coordenação motora, agilidade e confiança – atributos que também lhe são necessários. Quando vejo Antônio, com muita naturalidade, embalando uma boneca para nanar, percebo um bebê se tornando um guri carinhoso e sensível que um dia será um irmão carinhoso e amoroso… e futuramente um ótimo pai! Quando o vejo brincando de comidinha, sei que será um ótimo ajudante da mamãe/papai quando que for mais velho, e souber mexer na cozinha. E futuramente um ótimo pai e marido, que saberá fazer uma refeição especial para os filhos e esposa.


Devemos estar conscientes que, se quisermos um mundo melhor para nossos filhos, devemos deixar filhos melhores para o mundo!

Beijos Angi


Comente pelo Facebook

Leia mais!