21.out.2011

Brinque e deixe brincar!


Talvez poucos pais saibam da importância do brincar para o desenvolvimento físico e psíquico do seu filho. Brincar é muito importante sim! A criança que brinca exercita a imaginação e, consequentemente a atividade cerebral, desenvolve habilidades e aprende a conviver em sociedade. Brincar é uma forma de se expressar e de aprender. Aliás, tem coisa melhor que aprender se divertindo?
Muitas brincadeiras podem parecer “bobas” e sem sentido para os pais, mas para a criança tudo é novo, e essa ação vai muito além de passatempo, é um aprendizado. O mundo da fantasia estimula os pequenos a pensar, analisar, comparar, calcular, criar e compartilhar!
Muitas vezes pensamos que devemos direcionar as brincadeiras dos nossos filhos. Grande bobagem, os estudiosos do brincar falam que as brincadeiras espontâneas são as melhores para o desenvolvimento da criança, pois estimulam a criatividade e até a capacidade de escolha. Claro que algumas brincadeiras têm regras e objetivos e estes limites certamente não são ruins, mas melhor do que é isso, é estimular a criatividade com brincadeiras livres, que fazem a criança pensar, e não simplesmente imitar!
O Antônio já escolhe com o que quer brincar. De vez em quando deixo ao alcance dele mais de um brinquedo, e ele, todo independente, escolhe o que quer e trás para brincamos juntos (ou ele brinca sozinho mesmo). Esse guri já sabe o que quer, e isso que nasceu ontem! rs…
Se brincar é tão bom para o desenvolvimento dos nossos filhos, devemos deixá-los brincar, e descobrir a si próprios e o mundo que os rodeia. Eu adoro bagunça, mas uma bagunça organizada, sabem do que estou falando, né?! Então aí vão dicas para a hora de brincar:
* Arrumar o locar da brincadeira, não deixe muitos brinquedos expostos, a criança não precisa de tantos estímulos, deixe um, dois ou três no máximo;
* Guarde alguns brinquedos, e depois de algum tempo apresente ao filho, vai parecer que é novidade, e ele não enjoa de nenhum brinquedo rápido. E uma economia nunca é demais;
* Os brinquedos auxiliam na hora da brincadeira, mas evite o consumo exagerado. Acredite, muito melhor do que brinquedos novos toda a hora, é você dispor de um tempo para brincar com seu filho, use a imaginação e faça a festa da criançada;
* Não se preocupe com a bagunça! Quem tem uma casa arrumada após a chegada do bebê? Então abra espaço na sala, tire os calçados, e se joga na brincadeira, aposto que você vai gostar e se divertir muito;
* Esqueça os problemas, esqueça o cansaço, e brinque. Volte a ser criança e entre no jogo da criança, além de se divertir, seu filho aprenderá brincando, e você aprenderá muito também! Afinal, já dizia o ditado, quem brinca seus males espanta, rs!
E vocês, sabiam da importância do brincar no desenvolvimento dos pequenos? Tem brincado muito com seus filhos? E em breve dicas de brincadeiras para cada fase da criança!

Beijos Angi
P.S Esse meu texto já foi publicado no Tutti Mami.

Comente pelo Facebook

Leia mais!