22.set.2017

“Cada criança tem seu tempo!” CUIDADO!!

É muito comum escutar as pessoas falando “Cada criança tem seu tempo para aprendizagem!” Sim, cada indivíduo é ÚNICO, pois tem sua própria história de vida, sua composição genética exclusiva e vive dentro de um contexto específico de aprendizagem. No entanto, existem os MARCOS DO DESENVOLVIMENTO INFANTIL, ou seja, atitudes que são esperadas em cada faixa etária. Ficar esperando que a criança aprenda por si só é muito perigoso.

Essa série de posts sobre os comportamentos esperados em cada faixa etária ajuda no acompanhamento da saúde e do crescimento da criança. Os marcos do desenvolvimento ajudam pais e profissionais a identificar qual(is) comportamentos precisam ser ensinados e estimulados e também sugerem que uma atenção especial seja dada à criança que ainda não esteja se desenvolvendo de maneira integral.

kazuend-333302

Photo by Carolina Sanchez B on Unsplash

Na faixa etária de 3 a 4 anos, a criança já:

1)      Nomeia objetos como sendo “grandes” ou “pequenos”;

2)      Aponta para dez partes do corpo, quando requisitado;

3)      Aponta para um menino e uma menina, dada uma ordem;

4)      Diz se um objeto é pesado ou leve;

5)      Une duas partes de uma figura para formar o todo;

6)      Descreve dois eventos ou personagens de uma estória familiar ou programa de televisão;

7)      Repete brincadeiras (rimas ou canções) que envolvam movimentos coordenados (ou gestos);

8)      Emparelha três ou mais objetos (que formam par);

9) Aponta para objetos compridos e curtos;

10)      Diz quais objetos aparecem frequentemente juntos (exemplo: lápis e papel);

11)      Conta até três imitando um adulto;

12)      Agrupa objetos em categorias;

13)      Traça (V) em imitação;

14)      Traça uma linha diagonal ligando os dois cantos de um papel de 10cm, dado o modelo;

15)      Conta até dez imitando um adulto;

16)      Constrói uma ponte com três blocos imitando um adulto;

17)      Copia uma série de (Vs) interligados;

18)  Acrescenta perna ou braço em um desenho incompleto de figura humana;

19)  Completa quebra-cabeça de seis peças sem ensaio e erro;

20)  Indica se os objetos são iguais ou diferentes;

21)  Desenha um quadrado imitando um adulto;

22)  Nomeia três cores, quando requisitado;

23)  Nomeia três figuras geométricas.

 Incentive seu filho(a) na aquisição desses conhecimentos!!

Ana Paranzini é Psicóloga (CRP 08/09142), com Mestrado em Psicologia Clínica (PUCCAMP) e especialista em Orientação de Pais. Idealizadora do Programa on line ADEUS BIRRAS e do Programa on line de ORIENTAÇÃO DE PAIS – Quando eu mudo… meu filho se transforma, que já ajudou e está ajudando muitas famílias a educarem seus filhos de maneira efetiva e prazerosa.

Fonte: O Inventário Portage Operacionalizado: Intervenção com Famílias. Lúcia C. A. Williams e Ana Lúcia R. Aiello. Editora Memnon, 2001.

Comente pelo Facebook

Leia mais!