6.mar.2018

Casa nova, vida nova…

casanova

Há uma semana, mais ou menos, contava o quanto estava feliz por, pela primeira vez há muito tempo, ter aceitado/admitido para mim mesma, que realmente preciso de ajuda com as tarefas da casa e o quanto isso me fez bem! E desde que voltamos da viagem de férias soubermos que nossa ajudante, já tão querida por nós, foi chamada para um concurso que tinha feito há um tempo. É o que eu sempre digo, o tempo de colher chega para todos que plantam!

Eu fiquei triste?
De maneira nenhuma, fiquei muuuuuuito feliz por ela!

Ainda continuo querendo ajuda sim, mas enquanto isso eu fico muito feliz por saber que sou capaz de fazer, que mesmo que não seja tão fácil, porque com 3 filhos pequenos em casa grande parte do tempo é punk manter a casa limpa e organizada, mas enquanto uns estão na escola e outro dorme, eu me viro! A vida é um eterno escolher o copo meio vazio ou meio cheio, eu escolho ver o lado bom, ver o que temos e não o que falta!

beijos

Angi

Comente pelo Facebook

Leia mais!