8.jun.2016

Como lidar com as críticas de escolhas pessoais?

Gurias, já perceberam que hoje em dia, com a internet e as redes sociais, as pessoas tem cada vez mais liberdade cara de pau de perguntar/questionar as escolhas dos outros? Uma coisa são as críticas construtivas, que podem ser difíceis de aceitar, mas que visam nos ajudar. Outra são as críticas e julgamentos que querem nos abalar e prejudicar, hoje quero falar sobre essas críticas, das pessoas que julgam nossas escolhas e criticam como fossem donos da razão. 

como lidar com criticas_

Imagem daqui!

Quem nunca ouviu críticas sobre suas escolhas pessoais? Seja pela quantidade de filhos, pelo nome do filho, pelo sexo dos filhos, (só lembrando que o sexo do bebê não é uma escolha do casal), se o filho vai para a escola, se não vai para a escola, se a mãe vai voltar ao trabalho, se a mãe vai abrir mão do trabalho e ficar em casa com o filho…. A maioria das pessoas falam mal das escolhas dos outros!

Mas por que isso acontece?

Me parece, que hoje em dia, muitas pessoas são NEGATIVAS e não consegue ver o lado bom da vida! Muitas vezes elas têm inveja das suas escolhas, da sua coragem e vai te criticar! Elas não se dão conta que o que é bom para você, não precisa ser bom para elas! Acredito que, na maioria das vezes elas fazem sem querer, sem maldade, não são assim porque querem ser pessoas ruins, mas mesmo assim acabam chateando quem recebe a crítica ou julgamento!

Então, como lidar com essas críticas?

Na teoria é fácil lidar com críticas, mas na prática é mais difícil. A minha primeira dica é que você coloque na sua cabeça que a vida é sua e quem sabe dela é você  e sua família!

Mas até chegar nesse desapego das críticas, tem que praticar o mantra: SOU MUITO FELIZ COM MINHAS ESCOLHAS, SOU MUITO FELIZ COM MINHAS ESCOLHAS, SOU MUITO FELIZ COM MINHAS ESCOLHAS!

Se você está certa de suas escolhas, ninguém tem nada a ver com isso e você tende a não se deixar abalar pelas críticas!  

Hoje em dia, a nossa vida está mais exposta do que nunca nas redes sociais, então algumas pessoas acham que podem falar o que pensam. Assim como não deveriam falar sem serem questionadas, quem recebe uma crítica não deveria perder a razão aumentando o tom de voz ou perdendo o controle de alguma forma.

Aí vão algumas dicas que me ajudaram a lidar melhor com as críticas, mesmo sendo elas de escolhas pessoais:

  • OUÇA: temos dois ouvidos e uma boca para ouvirmos mais do que falar, então ouça o que a pessoa tem a te dizer, isso não vai mudar NADA NA SUA ESCOLHA!
  • AVALIE: Será que essa crítica faz algum sentido?  
  • RESPIRE FUNDO: Uma coisa é receber um pitaco quando não pedimos, que algumas vezes até pode ser útil, outra coisa é criticar algo que já está definido, por exemplo quando você conta que está grávida do terceiro filho e alguém diz: “Mais um filho? Nossa, quanto filho, quanta fralda, quanto gasto com escola!!!!” Isso é uma crítica e não um conselho, né? Então respire fundo … se precisar respire várias vezes… 
  • LEMBRE-SE: SOU MUITO FELIZ COM MINHAS ESCOLHAS! 
  • Responda: Sou muito feliz com minha escolha, justifique se achar necessário com os seus motivos e SORRIA! Talvez essa pessoa não irá de criticar mais e entender seu lado!

Por exemplo, quando me falam: Mais um filho? Vocês devem ser ricos!

  • Eu escuto (fazendo cara de paisagem), avalio se tem sentido(essa pessoa paga minhas contas, as fraldas do meu filho, a escola do outro, me manda cesta básica? … kkkk), respiro (profundamente) e respondo (com cara de alface) : “Sempre tivemos o sonho de ter família grande, viemos de famílias grandes e planejamos ter 3 filhos. Ter mais de um filho nem sempre tem a ver com riqueza, aliás, conheço muitas famílias ricas que não tem filhos e conheço famílias que tem 4 filhos e não são ricos, então isso é relativo.E se Deus quiser, e tivermos condições, ainda teremos mais um filho!”

Cá entre nós, quando você escolhe ter filho(s), você escolhe o teu estilo de vida, se quer ir para a Disney todo ano, talvez seja melhor ter um filho (ou nenhum…) mas se quiser curtir seus filhos, ir para a casa de amigos nas férias, passar o dia na praia e voltar com direito a piquenique e frango e farofada, você não precisa ser rico para ter 3 filhos. Mas claro, quando se tem filhos, tem que planejar o que pretende investir, quanto ganham, e se darão conta, não acho que seja legal ter vários filhos e não poder proporcionar uma vida digna para as crianças. 

E lembrar que, nem todas as nossas escolhas precisam ser definitivas, a gente é o dono da nossa vida e temos as rédeas das nossas escolhas. A quantidade de filhos e o nome é definitivo, então penseee muito beeeem antes de decidir, mas se você escolheu ficar em casa para cuidar dos filhos, e depois de 2 anos em casa, acha que já cumpriu sua missão e quer trabalhar fora de novo, vá atrás de seus sonhos! Se você escolheu ter um filho e agora, depois de 10 anos quer mais um filho, vá atrás de seus sonhos, mesmo que não tenha mais idade para engravidar, você pode ser mãe através da adoção. Não deixe nunca, jamais, que a opinião dos outros afete teus sonhos e tua vida! 

O melhor conselho que poderia te dar é se afastar das pessoas negativas, porque sim, acabamos atraindo a energia, seja ela negativa ou positiva, então o melhor é estar rodeada de pessoas positivas! Mas, às vezes, não podemos nos afastar, pois é alguém próximo, então tente influenciar essa pessoa positivamente, mostrando que pensar POSITIVO faz a diferença na vida, mas isso é assunto para um próximo post, a importância de PENSAR POSITIVO!

E vocês? Qual dica dariam para quem se incomoda com as críticas de suas escolhas pessoais?

Espero ter ajudado, gurias!

Beijos

Angi

Comente pelo Facebook

Leia mais!