5.fev.2014

Como serão os primeiros dias do bebê em casa?

Muitas vezes me pego pensando em como serão os primeiros dias do Caetano em casa!

Os primeiros dias com o Antônio foram beeeem caóticos, estávamos morando na casa dos meus pais, tínhamos recém nos mudado, viemos de Florianópolis para Porto Alegre e não tivemos tempo de ver apartamento para alugar. O marido estava desempregado, então além de morarmos com o meu pai (minha mãe estava morando em Brasília, agora os dois moram lá), estávamos muito mal financeiramente. Imaginem a situação: morar com o pai depois de casada, pouca renda, voltando de outro estado, e com um recém nascido! #caostotal

Hoje em dia, temos nosso apartamento, o marido está muito bem empregado, e já temos um filho! A situação está bem diferente! #graçasaDeus Mas como serão esses primeiros dias com o baby?

Como vocês sabem, a Licença Paternidade é de 5 dias, e como achamos fundamental a presença do pai nos primeiros dias, optamos pelo marido tirar as férias assim que o Caetano nascer! Será ótimo, pois ele estará em casa e vai poder dar bastante atenção para o Antônio, que sentirá falta de ter atenção exclusiva! E uma pena, já que não podemos tirar férias só com ele e aproveitar nossas últimas férias, apenas com ele fora da barriga… tá, aposto que as outras serão bem melhores, com os 2 juntinhos, mas seria bom aproveitar uns dias só nossos! #tôprecisandodeférias

Sabemos que, na maioria das vezes, as mães passam por mudanças hormonais, físicas e psicológicas após o parto. Algumas ficam eufóricas, super felizes, realizadas… outras ficam tristes, introspectivas, ansiosas, com medos… São tantas mudanças, em pouco espaço de tempo, os hormônios diminuem rapidamente, aquele barrigão lindo se transforma numa barriga flácida, salvo a Gisele Bundchen que fica melhor a cada gravidez!

Quando Antônio nasceu, eu só queria saber da minha concha, como boa canceriana! Ficar na minha casa(quarto), conhecer aquele guri que estava por 9 meses na minha barriga, aprender a amamentar…nem quis dormir, enquanto ele dormia, eu ficava zelando seu sono…

Eu tive dificuldades de amamentar, e as visitas parece que tinham um relógio do mama…. chegavam sempre na pior hora para mim, quando ele estava brigando com o mamilo, e ainda por cima queriam ver ele amamentar, sendo que ele não mamava direito… ou seja, um estresse total, para mim, para eles… a minha vontade era me esconder no quarto!

Eu sei que tudo passa, todas nós sobrevivemos, sem sequelas – e ainda sentimos saudades, tanto que estamos prestes a começar tudo de novo. Mas sinceramente, espero que tudo seja diferente dessa vez…

Nos primeiros dias, não sei se vou querer receber mil visitas, não sei se teremos dificuldade com a amamentação… mas sei que terei que ter o dobro (ou mais) de paciência, pois além do bebê, serei uma nova mãe, e acredito que o Antônio será um novo filho, e o marido um novo pai!

Espero que tudo seja diferente, já que nem tudo será novidade, e prometo que esse post terá a parte 2, assim que ele nascer eu volto para contar como estamos nos saindo… e se recebi visitas depois desse post, uhauahuahaha! Ahh, amigos não me levem a mal, é brincadeirinha, a gravidez mexe com as mulheres, podem vir para o café, só não esquecem o bolinho!!

Beijos, Angi

primeiro_mes

Comente pelo Facebook

Leia mais!