8.ago.2011

Compartilhar as tarefas da casa nos deixa mais felizes!

A maternidade dos tempos atuais, já não é mais como era antigamente. Hoje em dia, são poucas as mães que podem contar com ajuda dos familiares, avós,irmãs, tias e madrinhas! #infelizmente 
A mãe que fica em casa, cuida do filho, do marido, da casa, dela mesma, e muitas vezes, esquece de cuidar de si, para dar conta de tudo… A mãe que fica em casa, também quer dividir algumas tarefas com o pai, mesmo que o marido tenha trabalhado o dia todo fora. E é justo, por que ficamos em casa temos que dar conta de tudo? E não me vem com esse papo de que o marido tem que ajudar…que nada, ele tem é responsabilidade, somos uma família e cada um faz o seu melhor!
Imagina a mãe que trabalha fora, então? Se sente mais no direito ainda, justo também… 
É isso, bom marido faz a sua parte, faz seu melhor, a não ser que vocês tenham empregada, pois mesmo com faxineira uma vez na semana, o casal precisa pegar junto!
Sabemos que nossos maridos, na sua grande maioria, vem de hábitos familiares, onde as mulheres faziam as tarefas da casa. Eles não acham que devem fazer alguma coisa em casa, e que sua responsabilidade com a família é meramente financeira. #coisadoséculopassado
Então como podemos exigir, cobrar, querer que eles façam algo espontâneo, quando cresceram ouvindo que: lavar a louça é coisa de mulher e trocar a lampada é coisa de homem?
É, mas hoje em dia, não tem função de homem ou de mulher, eu sou totalmente a favor e adepta da divisão de tarefas, e devemos muitas vezes ” educar ” nossos maridos na marra, educar  desde cedo nossos filhos com exemplos no dia a dia, para que sejam homens que ajudam em casa, e façam a sua parte! 

Casais que dividem as tarefas são mais felizes, e com certeza, tem relacionamentos mais longos. Ambos podem gastar a mesma quantidade de tempo, nos esforços de trabalho remunerado (ou não), no cuidado da casa, em cuidar dos filhos, e em seus próprios interesses pessoais, como esporte e lazer.
Dicas para o casal:
 
  • Dividir as tarefas já – fazer tabelas, e se responsabilizar por aquelas atividades. As mesmas podem durar um mês, ou serem trocadas de semana em semana;
  • Dividir as tarefas de uma maneira que não sobrecarregue nenhum dos dois, e não seja um sacrifício do dia. Em tempos, onde todos trabalham, seja fora, ou em casa, deve haver um equilíbrio nas obrigações do lar;
  • Ambos devem ter tempo para seus interesses pessoais, um futebol, um café com as amigas, o lazer é essencial na vida dos pais, e ótimo para desestressar, e recarregar as energias. Esse direito é dos dois, cada um deve ter seu tempo com amigos, e para si;
  • O mais importante, é nunca esquecer que vocês são um time – estão juntos na barca, fizeram suas escolhas, e querem ser felizes . A felicidade é algo simples, está nas pequenas coisas, e devemos compartilhar e proporcionar momentos felizes aos nossos.
do google

Parece simples e parece bom?

Pois para nós tem sido simples e tem sido muito bom! E com certeza, o casamento após filho, só não se abala quando há diálogo, paciência, e quando cedemos.
Se o seu marido não faz a parte dele em casa, compartilhe esse texto com ele, garanto que ele vai repensar e dividir algumas tarefas, né?
Beijos, Angi

Comente pelo Facebook

Leia mais!