3.dez.2013

Conversa entre Embaixadoras Fisher-Price! {Férias}

Fisher-Price_EmbaixadorasdoBrincar_logo

Gurias, como vocês sabem sou uma das Embaixadoras Fisher-Price, e nesse mês fizemos uma brincadeira entre nós, as embaixadoras. O tema foi férias, quem não ama férias? Chega uma hora que preciso de um tempo para reorganizar a vida, definir prioridades… enfim.  A minha pergunta foi para a Bianca Guimarães do Test Drive Mami:  “Bianca, você mora numa praia linda, queria saber como vocês fazem nas férias. Preferem viajar, ou aproveitam a cidade? Compartilhe conosco, cinco coisas que não podemos deixar de fazer nas férias com os filhos!

” Angi, querida, as praias da cidade que moro não são tão lindas como as de Alagoas, mas óbvio que fazem a alegria dos meninos de todo jeito. Nas férias tentamos fazer de tudo um pouco, viajamos e curtimos o que a cidade tem pra oferecer. Na maioria das vezes optamos pela diversão nas praias, mas esse ano iremos curtir (ou tentar) um friozinho na serra gaúcha.

E as cinco coisas que não podemos deixar de fazer nas férias com os filhos:

1- Se for viajar, faça um roteiro que seja compatível com a idade dos pequenos e curta bastante.

2- Nessa época tem algumas estreias no cinema e sempre vale a pena.

3- Antes das férias, anote os telefones das mães (ou monte um grupo numa rede social ou app do celular, tipo whatsapp) para organizar um piquenique com a criançada ou um passeio no parque.

4- Praia e piscina é quase item obrigatório!

5- Aproveite para ensinar algo diferente ou algo que os façam interagir como: fazer um bolo, andar de bicicleta sem rodinhas, nadar, pintar um quadro…

E minha última dica é, claro, sempre tenha sua máquina fotográfica em mãos!

A Teresa Ruas, consultora da Fisher-Price, fez alguns comentários quanto a resposta da Bianca!

“Excelentes orientações, Bianca! Como especialista em desenvolvimento infantil, eu sempre oriento aos pais a importância em adequar as atividades, os horários e a rotina das férias de acordo com a idade e/ou etapa do desenvolvimento apresentada pela criança. Realmente, este aspecto é fundamental e os pais de crianças pequenas precisam ter em mente que por mais que seja um período de férias e de descanso para a família, os pequenos precisam e necessitam de uma organização na rotina e nas atividades propostas.

Como as férias são um momento de “quantidade” e “qualidade” de tempo junto aos pais, realmente é muito prazeroso a realização de novas atividades para a relação afetiva entre pais e filhos. Estas experiências apenas fortalecem a relação de companheirismo, carinho, afeto e respeito entre pais e filhos. E é por isso que eu afirmo também sobre a importância de oferecer “oportunidades” para a criança assimilar e acomodar todo o conhecimento adquirido no ano. As férias são uma oportunidade de “ouro” para que as crianças possam concretizar todo o conhecimento adquirido, unindo a teoria à prática cotidiana. Por exemplo, pais e filhos irão à cozinha para fazer o bolo do lanche da tarde? Então, na ida ao supermercado peça à criança que pegue uma dúzia de ovos. Este momento, por exemplo, é a hora dos pais verificarem se o conceito da dúzia, aprendida na escola, está internalizado/acomodado em seu filho e, assim por diante… O que quero dizer com este exemplo é que as férias também precisam ser um espaço para a criança vivenciar e explorar todo o aprendizado e conhecimentos que tem adquirido durante o ano em experiências práticas e prazerosas junto aos seus pais.”

É isso, gurias, para verem a minha resposta confere o Blog da Rose, Vida de Mãejestade! E passem no Test Drive Mami e Roteiro Baby que tem outras embaixadoras e perguntinhas!

Beijos, Angi

Comente pelo Facebook

Leia mais!