28.maio.2013

Criando uma rotina com o guri!

Ilustração feita pela Barbara do SETE CORES Atelier!



Nos primeiros meses de vida do bebê, estamos totalmente disponíveis às suas necessidades. É ele quem determina o horário das mamadas, do sono e chorando mostra o seu desconforto quando tem cólicas, deseja arrotar ou precisa de um colinho. Nosso vinculo faz com que estejamos adivinhando suas necessidades.

Com o passar do tempo, tudo se torna mais tranqüilo e já dispomos de alguns minutos para cuidarmos de nós, da vida em família, da casa. Chega a hora em que já conhecemos melhor a criança e podemos planejar algumas atividades, tanto para ela como para nós.

Depois de alguns meses já temos definidos os horários de alimentação, do sono, do passeio ao ar livre e mais tarde, os momentos de brincadeira sozinho, os momentos das histórias e das brincadeiras em família. Tudo ótimo, não é? Mas nada disto acontece por si!!! Tudo depende de nós. E a rotina não é uma construção tão fácil assim!!

Sempre li sobre a importância da rotina para a vida do bebê, e conseqüentemente para a da mãe. Confesso que nunca fui de impor rotina na minha vida, mas depois de ser mãe eu achei fundamental me organizar, ainda que sem impor horários rígidos. Sendo mãe em tempo integral, minha rotina sempre foi flexível, pois algumas vezes que Antônio dormia, mesmo em um horário que não deveria, eu deixava ….. e até achava bom, pois podia descansar. Tive uma dificuldade enorme para determinar horários, pois o cansaço me vencia e eu relaxava…

Além disso, em quase 3 anos de vida do Antônio, nós mudamos de cidade 3 vezes. E eu me perguntava como ter uma rotina com tantas mudanças? Muitas vezes deixava de estabelecer uma rotina por achar que ele não conseguiria se adaptar, já que precisaria de um tempo para se acostumar à nova casa/vida. E percebia que sem horários ele ficava ainda mais cansado, e eu também.

Lutei para conseguir me organizar, pois sabia que era importante. As crianças precisam de rotina, de horários; a segurança de saber o que vai acontecer é necessária ao desenvolvimento dos pequenos.

Pode até parecer exagero impor horários e regrinhas, mas confesso que com uma rotina tudo funciona bem melhor. Uma criança precisa ter hora e lugar para tudo: hora de acordar, lugar certo para comer e dormir, hora do banho, de brincar, de ler, de passear e principalmente hora para dormir. A rotina acalma o bebê, diminui a ansiedade e com isso faz com que a vida da mãe também fique
melhor. Estabelecer essa rotina pode ser cansativo no começo, mas os sacrifícios têm sua recompensa!

Uma família desorganizada e sem horários para nada pode gerar crianças inseguras. É comprovado que a criança que tem rotina, cumpre com suas obrigações, sem que os outros precisem cobrá-los.

O importante é buscar uma rotina que melhor se encaixe ao seu estilo de vida, respeitando sempre as necessidades do bebê e a sua disponibilidade. É claro que a rotina pode e deve ser quebrada em ocasiões especiais, mas devemos explicar que aquela saída é uma exceção… O importante é ser consistente .
E vocês, mamães, são a favor da rotina? Conseguem manter uma desde que seus filhos são bebês?

Beijos
Angi

 

Comente pelo Facebook

Leia mais!