24.fev.2011

Desabafos sobre ser mãe…

Eu gostaria de saber por que a gente se cobra tanto? E por que quando a gente aprende a lidar com cobranças internas, as pessoas nos cobram coisas também? 
Acho que está um pouco confuso, mas confesso que eu fico confusa mesmo com essa situação toda.

Eu sempre quis ser mãe, sempre quis poder ficar em casa e curtir ao máximo meu filho, e não é que felizmente estou podendo fazer tudo isso. 
Antes do Antonio nascer, as pessoas me perguntavam se eu iria voltar a trabalhar depois da licença, se eu iria pedir demissão para ficar em casa com ele. Eu queria muito ficar com ele, mas essa pergunta a gente não sabe responder até de fato acontecer a situação. Quando ele nasceu, eu só quis saber de “lamber a cria”, e curtir ao máximo os primeiros meses. E pronto, essa foi minha decisão, vou ficar em casa, cuidando do meu filho, até pelo menos o primeiro ano. 
Daí tu está convicta da decisão, e decisão essa tomada pelos pais (mãe + pai), sempre aparece alguém te perguntando sobre quando tu vai voltar a trabalhar? 
Como eu me sinto sem trabalhar, sem fazer nada? (PERAÍ, SEM FAZER NADA??) 
Oh,céus, não é porque eu não bato um ponto, que eu não faço nada!! 
Isso me deixa bem indignada, chateada, porque ninguém tem nada a ver com isso! 
Por acaso no final do mês eu mando as minhas contas para essas pessoas pagarem? 
Ou as pessoas não tem o que fazer que ficam se metendo nas nossas vidas, ou elas não tem o que falar quando te vêm, ou elas são umas eternas insatisfeitas…?
Aposto todos os meus fios de cabelos que se eu estivesse trabalhando desde que minha licença acabou, e o Antonio estivesse na creche, essas mesmas pessoas (oh céus, me pergunto, por que essas pessoas continuam na minha vida) estariam perguntando como é deixar um filho de meses na creche? #FATO!
Eu só quero é poder acompanhar o crescimento do meu filho até quando der, e enquanto tiver bom para todos nós. 
Claro que vou voltar a trabalhar, não quero ficar em casa até ele completar 18 anos, gosto de trabalhar fora, mas por enquanto gosto mais de ser dona de casa, mãe em tempo integral. Posso?? Tenho direito?? Ufaaa!!

 

Comente pelo Facebook

Leia mais!