4.maio.2011

Dicas para largar a chupeta!

Eu não me importo que o Antonio goste de chupeta, até porque ele tem 10 meses, e usa para dormir, muitas vezes nem dorme de chupeta, e as vezes, ele cospe longe dormindo mesmo. Mas eu observei que muitas mães tem essa dúvida, de quando é a hora de largar, e o que fazer para largar a tal da chupeta.

Eu tenho um sobrinho de 3 anos e 8 meses, ele não usa chupeta desde o natal, eles combinaram que se ele ganhasse o brinquedo tal que ele pediu para o papai noel, ele daria a chupeta para o papai noel. Dito e feito, ganhou o presente, e deu para o representante do bom velhinho, o irmão do meu cunhado se vestiu de papai noel, e ele entregou super na boa vontade. 

E a pergunta que não quer calar, foi tranqüilo? Não foi, ele ficou meio irritado umas 2 semanas, principalmente na hora de dormir, mas é uma situação que tem como contornar. Ler livros na hora de dormir, dar bastante beijo, colo, e lógico, nem falar no mardito, se não a criança lembra e daí é pior. 

Quem for adepta de homeopatia também pode falar com seu pediatra-homeopata e fazer uma para ansiedade. São dicas, de como acho que vou agir na hora do Antonio largar a chupeta, não sou especialista no assunto, eu realmente estou envolvida nesse tema maternidade, e inclusive lendo a Revista Crescer achei uma matéria bem interessante com dicas sobre a hora de largar a chupeta: 

1. TENTE AOS POUCOS Reduza o tempo que ele fica com o acessório, espaçando os intervalos. É uma forma de ele começar a se desacostumar. 

2. FORA PRENDEDOR Se costuma usar a chupeta presa na roupa, tire o prendedor já! O uso excessivo provoca danos na musculatura oral, que não é fortalecida de forma adequada. A arcada dentária também pode ficar deformada. 

3. FAÇA UMA TROCA 
No caso de bebês, substitua a chupeta por algo de que ele goste ou pelo qual se interesse e que possa ser colocado na boca. 

4. GOSTO RUIM 
Deixe a chupeta estragar. Segundo os médicos, a criança vai perdendo o interesse porque o “gosto bom” acaba. 

5. MARQUE O DIA 
Combine um dia oficial para tirar a chupeta de vez. E não volte atrás. Senão ele vai entender que, sempre que quiser, você vai devolvê-la. 

Principalmente depois dos 3 anos, a chupeta é algo que não deveria mais fazer parte da vida das crianças nessa fase. O que fazer, então, se ela continua – firme e forte – na sua casa? Chegou o momento-limite de acabar com esse hábito, para o bem de seu filho. “A boca não foi feita para ficar tampada. A chupeta ocupa um lugar que deveria ficar vazio”, afirma a fonoaudióloga Flávia Ribeiro, do Hospital São Luiz, em São Paulo. O uso da chupeta não é recomendável nem para dormir. Dependendo da duração e da intensidade com que a criança usa a chupeta, poderá ter a mordida aberta (quando a língua entra no espaço entre os dentes, dificultando a pronúncia das palavras). “Além disso, há o risco de ocorrer uma alteração na arcada dentária”, alerta Flávia. Os pais têm de ensinar o filho a pegar no sono com a boca livre. É preciso determinação na retirada: saber que está fazendo a coisa certa e o filho é forte e vai suportar a perda. “As crianças adoram ouvir histórias antes de dormir. Aproveite esse momento, quando elas se envolvem nos enredos fantásticos, desligam-se e adormecem para ‘esquecer’ a chupeta”, orienta a especialista. 

Fonte: Carlos Alberto Landi, pediatra do Hospital Samaritano, SP

Depois dessa matéria, vou repensar o uso da chupeta desde já. 
E com vocês, seus filhos usam chupeta? 
Já largaram? 
Como foi o processo, vamos trocar umas dicas por aqui!
Beijos

Comente pelo Facebook

Leia mais!