28.ago.2013

Dieta vegetariana para crianças!

dietavegetarianacriancas

Os hábitos alimentares são adquiridos na infância. Ao escolher uma dieta vegetariana, pode oferecer ao seu filho – e à sua família – a oportunidade de aprender a apreciar uma variedade de alimentos maravilhosos e nutritivos.

As crianças alimentadas com frutas, verduras, grãos integrais e legumes, crescem lindas e saudáveis. É mais fácil planejar uma dieta nutritiva com alimentos vegetais do que com produtos animais, que contêm gordura saturada, colesterol e outras substâncias que as crianças em fase de desenvolvimento dispensam. Quanto aos nutrientes essenciais, os alimentos à base de vegetais são fontes preferidas, porque fornecem energia suficiente e proteína acompanhada de outros nutrientes que promovem a saúde, tais como fibras, vitaminas antioxidantes, minerais e fitoquímicos.

Talvez, a ponderação mais importante que deva ser levado em conta na alimentação das crianças é: os hábitos dietéticos por toda a vida são adquiridos na infância. As crianças que hoje aprendem a gostar dos nuggets de frango, hambúrguer, batatas fritas, serão amanhã pacientes de câncer, de doenças cardíacas e diabetes. As crianças que foram alimentadas com grãos integrais, verduras, frutas e legumes têm menor risco de contrair doenças cardíacas, derrame cerebral, diabetes, câncer e muitas doenças associadas à obesidade, em comparação àquelas que foram criadas com a dieta média dos americanos.

Os carboidratos complexos encontrados em grãos integrais, feijões e verduras fornecem a energia ideal para prover de combustível a vida agitada de uma criança. Ao cultivar o gosto por arroz integral, pão e massa de trigo integral, aveia e milho, e grãos menos comuns como cevada, quinua, painço e outros, irão aumentar as fibras e nutrientes na dieta de uma criança.

Naturalmente, as crianças precisam de proteína para crescer, mas não de alimento à base de animais, de alto valor protéico. Muitas pessoas não sabem que um cardápio variado de grãos, leguminosas, verduras e frutas supre bem a proteína.

As crianças pequenas podem precisar de uma ingestão de gordura pouco maior do que adultos. As fontes saudáveis de gordura incluem produtos de abacate, azeite de oliva extra virgem e oleaginosas.

Os pais fazem questão de incluir na dieta dos filhos uma fonte regular de vitamina B12, que é indispensável para a saúde do sangue e funcionamento dos nervos. A vitamina B12 é encontrada em muitos cereais e algas para o consumo. As crianças que não ingerem esses produtos enriquecidos, devem tomar suplemento de B12.

O corpo precisa também de vitamina D, e as crianças e os pais ficam contentes em saber que pode ser obtida brincando ao ar livre, tomando sol. Quinze ou vinte minutos diários de banho de sol nas mãos e rosto são suficientes para as células da pele sintetizarem a vitamina D necessária. As crianças de regiões onde há pouca incidência de raio de sol podem precisar de vitamina D de suplementos vitamínicos.

As fontes excelentes de cálcio são feijão, figo seco, batata doce e vegetais verdes, incluindo couves, brócolis, folhas de mostarda e acelga suíça. Além do que, consumir muitas frutas e verduras, excluir proteínas animais e limitar o sal ajudam o corpo a reter o cálcio.

As crianças na fase de crescimento também precisam de ferro, encontrado na variedade de feijões e folhas verdes. A vitamina C de verduras e frutas melhora a absorção do ferro, principalmente quando é ingerida junto com alimento enriquecido de ferro. Um exemplo é burrito de feijão rico em ferro ingerido junto com tomate rico em vitamina C.

O mais importante quando se faz a escolha de ser vegetariano é o controle destes e outros nutrientes, ou seja, fazer acompanhamento periódico com exames laboratoriais, acompanhamento de uma nutricionista que prescreva a dieta adequada e individualizada e se necessário o uso de suplementos.

Abraço

Jociane Catafesta {(51) 92177611}
CRN2 6376
Nutricionista Funcional
Personal Diet (Gestante, Pós Parto, Baby e Familiar)
Mestre em Gastroenterologia/UFRGS
Aperfeiçoamento em Nutrição Infantil
Fan Page: Consultório de Nutrição Jociane Catafesta 

Comente pelo Facebook

Leia mais!