1.maio.2013

Disfagia Infantil {Fala, Fono!}

A disfagia é uma alteração na deglutição, ou seja, no ato de engolir. Ela pode estar presentes em bebês, crianças e adultos, e vir acompanhada de alguma patologia neurológica ou mecânica.
Uma das causas da disfagia pode estar ligada com a dificuldade na passagem do alimento da faringe para o esôfago, resultando em um percurso diferente, onde o alimento pode entrar nas vias respiratórias, causando engasgos, tosses, vômitos ou até mesmo uma aspiração alimentar resultando em pneumonia, o que é muito grave.
Pessoas com disfagia podem apresentar dificuldade em iniciar o processo de alimentação, dificuldade em engolir a saliva ou acúmulo da mesma, regurgitação nasal ou oral, perda de peso, perda do prazer de comer, sensação de comida presa na garganta, pânico da hora da alimentação, entre outros.

O tratamento da disfagia deve ser realizado por uma equipe multidisciplinar, em que envolve médicos, nutricionistas, enfermeiros e fonoaudiólogos. O paciente é avaliado por todas estes profissionais, para que seja detectado o TIPO da disfagia e quais as consistências de alimentos podem ser oferecidos.
NÃO OFEREÇA NENHUM TIPO DE ALIMENTO À CRIANÇAS OU ADULTOS COM DIFICULDADES DE DEGLUTIÇÃO!
Após avaliação, o fonoaudiólogo irá adequar a dieta do paciente, juntamente com a realização de exercícios para equilibrar o processo de alimentação de uma forma saudável e segura. 
É muito importante a participação da família, para que se possa obter sucesso no tratamento.
Se seu filho estiver apresentando dificuldades para mamar ou comer, busque auxílio de um profissional de saúde. A alimentação é uma função vital e importante para o desenvolvimento físico e intelectual!


Abraço,
Taís Alves Batschauer

Fonoaudióloga

CRFª 9309/RS- Porto Alegre

Comente pelo Facebook

Leia mais!