7.abr.2017

Ei você aí que está lendo essa mensagem!

Ei você aí! Sim, você mesma que está lendo essa mensagem! Você já olhou para você hoje? 

Depois que nos tornamos mães, muitas vezes nos anulamos. As pessoas querem saber dos filhos, mas poucas são as vezes que perguntam: “como você está?”

Hoje eu quero saber! Como você está?

Sabe, quando um filho nasce, e tenho certeza que não importa se é o primeiro ou o décimo. Quando um filho nasce, nasce uma nova mãe, uma nova mulher, uma nova amiga, uma nova filha! Mas para nascer uma nova você, precisa morrer a antiga você! E sabe, não sei se te falaram, mas quando a antiga você “morre”, dói, sangra por dentro, rolam lágrimas dias e noites, no banho, antes de dormir, fazendo o almoço depois de uma noite mal dormida…

Seu filho acabou de nascer, ou já nasceu há uns meses. A hora da “morte” e do renascimento acontece para todas, cada uma no seu tempo! Todos querem te ver feliz, mas poucos querem saber de você e te fazer feliz!

Por isso minha amiga, agora vá até um espelho, olhe pra você, olhe para quem você se transformou, sorria para essa mulher guerreira que faz tudo pelos filhos e marido, mas muitas vezes não faz nada para si! Prometa para mim e para você que nunca vai esquecer de cuidar de você!

Abra os braços ao longo do corpo, abra bem, como se fosse fazer um alongamento! Abriu? Agora se abrace, se enlace, se aceite, se ame, deixe morrer a antiga você, só assim a nova você vai poder “nascer”! 

Beijos

Angi

#BlogMaedeGuri #VidaDeMae #Puerperio #SeAme

Comente pelo Facebook

Leia mais!