28.ago.2015

Empreendedoras Empoderadas Maternas

empreededorismo_materno_

Imagem daqui

Dizem que quando nasce um filho, nasce também uma mãe. Concordo em gênero, número e grau. E completaria com uma infinita lista de novas habilidades que estão no combo maternidade.

Começando pelo começo, diria que administrar um crescimento descompassado do seu corpo, assim como tudo que a gravidez traz, já acarreta em muita experiência.  Idas frequentes aos médicos, mudanças e mais mudanças. Escolhas… Muitas. Saber lidar com as alterações do corpo, aceita-las. Preparar-se para a chegada de um ser já amado, demanda tempo e dedicação. Estruturas tanto físicas como emocionais vão sendo ajustadas e adequadas para que uma nova vida seja recebida.

Um misto de amor, insegurança e incertezas. Aliás, estes três elementos farão parte do seu cotidiano ilimitadamente.

Eis que chega a tão esperada hora. Somos tocados por um sentimento que não se sabia antes que existia. Somos apresentados ao nosso filho.  Considero um momento mágico! Só quem passa por esta vivência para entender, o que as palavras aqui não conseguem expressar.

Embriagados de todo este amor, não tem jeito, inicia-se uma rotina. Como toda novidade, recheadas de surpresas. Adaptações mil! Amamentação, noites pra lá de agitadas, naquele dorme e acorda. Hora para dar de mamar, hora para ver se está respirando (quem nunca…).

Aos poucos o tempo vai passando, as coisas vão indo para seu devido lugar. Claro sem muita lógica, afinal estamos falando de crianças. Mas vamos amadurecendo e montando o nosso manual de instruções. Tanto deles como o nosso.

É chegada a hora de voltarmos à vida “normal”! Sim, é chegada a hora de voltar a trabalhar. Agora? Quando começamos a ter um retorno de todo investimento”?

Como se distanciar do nosso melhor projeto? As mamães não estão se distanciando. Estão reinventando sua melhor versão. Estão tornando-se mães empreendedoras.  Esta tendência já tem seu nome: empreendedorismo materno.

Para quem tem o poder da dar a vida, agora é chegada a hora de tomar conta dela. Com o empoderamento feminino, acreditamos em nosso potencial, e fazemos acontecer. Superamos obstáculos e recalculamos a rota. Esta revolução interna nos dá um novo cargo.

Muito prazer!

Somos empreendedoras empoderadas maternas!

novacolunista_viviane

Comente pelo Facebook

Leia mais!