2.jun.2012

Ensinando cores e palavras

Há um tempo atrás conheci no blog Torne Seu Filho Mais Inteligente escrito pela Ana Julia o Método Doman, é um método para ensinar seu filho a ler com brincadeiras, que podemos fazer em casa. Quem quiser conhecer melhor esse método recomendo que leia o blog, e semana que vem vou fazer e depois dos 5 dias eu conto como foi.

Eu gostei muito, mas na época não me animei a experimentar o método. Eis que essa semana resolvi adaptar a ideia para ensinar as cores através da leitura. O método Doman é muito legal, mas não é o método que utilizei, eu fiz o método Angi mesmo. Vou testar o método Doman semana que vem, e conto para vocês.

Peguei 6 folhas brancas, escrevi as cores, porém com suas respectivas cores. Usei tinta azul para escrever azul, a tinta verde para escrever a palavra verde, e assim sucessivamente para vermelho, amarelo, preto e marrom.

Durante o dia, sentávamos na cama, na sala, na sacada e ia mostrando as palavras e falando a cor para ele. E ele repetia a cor, do jeito dele, pois ainda não fala muito. O meu objetivo era que ele relacionasse as cores, as palavras, e letras. E a brincadeira foi muito legal, ele adorou. Devemos respeitar o tempo de aprendizado do filho, para que ele não se fruste. Por isso comecei adaptando do meu jeito, e foi bem recebida.

Agora estou preparando os outros cartazes para aí sim utilizar o Método Doman. Eu quis entender como funcionava, quis ver se o Antônio teria interesse. E me surpreendi positivamente.
Acredito que devemos estimular nossos filhos sempre. As crianças tem uma capacidade enorme de aprendizado, absorvem tudo a sua volta, quando pensamos que eles estão somente brincando sentadinhos, estão atentos a tudo e todos. Então devemos estimular sempre!

Que tal aproveitarmos um tempo para inventarmos brincadeiras e estimularmos nossos filhos brincando?

Semana que vem volto com o método Doman, pois depois desse começo com as cores, eu me motivei para segui-lo, tenho certeza que será muito legal! E conto minha experiência para vocês.
A recomendação é que nunca devemos forçar o filho a participar dessa brincadeira. Que se mostre as palavras rapidamente, sem insistir que olhem as palavras. Se ele não quiser olhar, suspenda a sessão e faça em outra oportunidade. Sempre elogie, dê beijos e abraços quando terminar a brincadeira.
Espero que tenham curtido!
Ótimo final de semana!
Angi

Comente pelo Facebook

Leia mais!