1.ago.2011

Existe amizade pós casamento, e filhos?

A relação com as amigas não é mais a mesma. Quando casamos já muda bastante, mas ainda somos donas do nosso próprio nariz, e conseguimos marcar um happy hour, um chimarrão na praça, um cinema, um café, enfim. Claro que as prioridades mudam, o nosso dia a dia muda, temos contas para pagar, horários para cumprir, mas ainda assim as amigas sempre tem um espaço nessa correria louca que é vida de adulto.
Aí, a gente decide ter filhos. E descobrimos, que agora sim fica difícil ter tempo para as amigas, tem toda aquela adaptação dos primeiros meses pós parto, que quase ninguém entende, só quem tem filhos, e que nós sabemos que só o tempo para ajeitar as coisas de volta no lugar…
Sou muito feliz, pois tenho amigas, não são muitas, nem poucas, mas são boas amigas, graças a Deus. Amiga é tudo na vida de uma mulher, pois é com elas que podemos desabafar, conversar e manter nossa sanidade mental. Tenho amiga esportista que assim como eu, ama jogar volei na praça, um futsal, basquete. Amiga regueira-hiponga e agora ex-hiponga mas que ainda curte um reggae. Amiga parceira das receitas de culinária, sempre me manda uma receitinha que testou e gostou para eu fazer. Amiga mãe que não tem tempo nunca, mas morre de saudade. Amiga engraçada, desbocada,delicada e safada.Amiga solteira, amiga casada, amiga ajuntada, e separada. Amigas é um presente na vida, são a família que podemos escolher.Mesmo sabendo que posso contar com elas, mesmo sabendo da nossa ligação, eu tenho muitas, mas muita saudade de vê-las mais, de rir junto, abraçar, dançar, tenho saudades de estar junto, sabe?!
Amizade requer dedicação, requer saber ceder algumas vezes. Quantas vezes não fomos naquela festa que não estávamos afim porque a amiga queria encontrar um gatinho, e ficamos de vela a noite inteira, mas firme e forte ao lado da amiga? Quantas vezes não passamos a noite em claro, conversando sobre um carinha trouxa que nos fez de boba? Amigas para mim são para a vida toda…e sou aquela amiga que cobra presença. Não gosto quando me falam que estão sem tempo, que tem que trabalhar…sou amiga chata!rs Não gosto de desculpas esfarrapadas, prefiro uma verdade feia do que uma mentira bonita. Prefiro que me diga que está cansada do que invente uma desculpa para não ir ao meu aniversário, mas saiba você provavelmente vai ouvir de mim, mas passa, e se não ouvir talvez já tenha desistido de você.
Exite amizade após filhos sim, com certeza, mas exige dedicação. Todos os tipos de relacionamento exigem de nós, e devemos nos dedicar de corpo e alma. As pessoas pensam cada vez mais no seu mundo, em si, e esquecem da importância de cultivar um relacionamento.
Desde que o Antônio nasceu vi menos minhas amigas, mudei de cidade, mas quando nos vemos é sempre muito bom!
Gostaria muito que as pessoas dessem o mesmo valor para as coisas que eu dou. Como sou canceriana ainda acredito nisso, mas que as vezes dá vontade de jogar tudo para cima e deixar que me procurem, mas não consigo ser assim, não adianta nem tentar, vai contra meus princípios,valores, contra mim.
Tenho algumas dicas para mantermos as amigas por perto:
* Telefonar, mandar mensagem no celular, email, manter contato pelo menos uma vez por semana, com tantas redes sociais, me arrisco a dizer que umas 3 vezes na semana só para dizer, heyyy estou aqui e está tudo bem, não custa nada…será que cobro demais??
* Marcar um encontro com um grupo de amigas em comum uma vez por mês,
* Marcar um amigo secreto de natal, dia do amigo, dia da mulher… 1 vez por ano;
* Tentar comemorar o aniversário, mas de preferência na parte da tarde e final de semana, para as amigas mãe (eu) poder ir também;
* Lembrar sempre que amigos também precisam ser cultivados,

E desde que virei mãe, tudo mudou, fiz muitas amigas, amigas que também são mães, algumas virtuais, mas amigas  reais. Já tive épocas mais revoltadas contra minhas amigas não mães, mas hoje em dia, os hormônios voltaram ao normal, e entendo que nossas prioridades mudam, mas não aceito sumiço de amiga, acho que quando queremos damos um jeito. Sinto muitas saudades delas, mas cada vez mais feliz com as amiga novas, porque amigo nunca é demais!

do google

E aí, o que mudou desde que se tornaram mãe?
Algumas amigas também sumiram? Outras se mostraram mais amigas do que antes, mais disponíveis?
Se encontraram nesse mundo virtual?

Comente pelo Facebook

Leia mais!