23.fev.2016

Falando sobre adoção numa linguagem positiva!

Gurias, hoje tem post sobre ADOÇÃO, um assunto que AMO falar e que precisamos FALAR SEMPRE MAIS! A Lu, que escreve o Blog Gravidez Invisível escreveu um post  falando sobre adoção numa LINGUAGEM POSITIVA! Para quem foi adotado essa linguagem faz toda a diferença, então se você quer aumentar a família através da adoção, se você tem um parente que chegou na família através da adoção, se você quer fazer uma diferença positiva na vida de quem foi adotado, esse post é para você, são pequenas diferenças que provocam outra visão sobre adoção! Obrigada, Lu!

” As palavras tem poder, isso é comprovado até cientificamente! As palavras são tão poderosas que geram em nós sentimentos bons ou ruins. A Bíblia diz em Provérbios que “A morte e a vida estão no poder da língua.” Sendo assim, a maneira como nos expressamos, através da fala ou da escrita, reflete o que somos e acreditamos.

No caso da formação de uma família através da adoção, precisamos ajustar nosso vocabulário e expressões. Isso nos ajudará, e muito, a despertar um novo olhar para adoção no Brasil e desmistificar os tabus que ainda permeiam esse tema tão lindo e especial.

Segue abaixo algumas expressões da linguagem positiva da adoção:

Linguagem que precisa ser substituída pela > Linguagem positiva

Ele/Ela é adotada?

A criança não é adotada, ele/ela foi adotada (a adoção foi no passado, hoje ele/ela é filho/filha!)

Ah, você pegou para criar?

Ah, você o adotou? 

Vocês são tão diferentes, ele é teu mesmo?

> Aqui é melhor não dizer nada rsrs ou então pergunte, você o adotou?

Que são os pais verdadeiros dele?

> Quem são os Genitores dele?

Você conhece os pais naturais?

> Você conhece os Pais biológicos?

Ah e este é seu filho verdadeiro?

> Ah, este é seu filho biológico?

Ele é meu filho do coração

> Ele é meu filho (Não seria filho do corpo todo? Falamos em gestação do coração para diferenciar da gestação da barriga, mas após o nascimento filho é filho!)

Somos pais do coração

> Somos pais (se necessário complementar, somos pais através da adoção (eu tenho certeza que sou mãe de corpo, alma e coração!)

As telenovelas e demais programas de televisão frequentemente usam expressões ultrapassadas sobre adoção. Pouco a pouco vamos educando os outros na maneira correta de abordar o tema. Pode parecer um detalhe para quem olha a situação de fora, mas para quem vive esta realidade diariamente, é de extrema importância. Traz empoderamento e segurança saber que a sociedade entende que eu sou MÃE (verdadeira!) e que meus filhos são MEUS FILHOS (de verdade e meus mesmo!). Sem estereótipos e adjetivos. Apenas expressando o que já é uma realidade jurídica e afetiva. Família é família, cada um tem a sua, seja como foi a sua formação, devemos valorizar e respeitar.

Aqui tem um dicionário da adoção e da gestação do coração.

Beijos com carinho,

Luciane

Mãe de dois lindos guris através da adoção

www.gravidezinvisivel.com

 

Comente pelo Facebook

Leia mais!