22.mar.2016

Hemorróidas na gravidez

Boa tarde, gurias!

Durante a gravidez, é comum a mulher ter HEMORROIDAS! Algumas leitoras me pediram para escrever um post sobre o assunto e dei uma pesquisada. A hemorroidas acontece por conta da pressão que o útero faz na pelve e sobre a veia cava, da prisão de ventre que é comum nesse período e do aumento do fluxo sanguíneo no local como consequência da preparação da pelve para o parto normal.

O que são hemorroidas?

São dilatações das veias próximas do canal anal que podem inchar e inflamar. Se você está sentindo coceira na área, está dolorida (ou não) e notou sangue, provavelmente está com hemorroidas.

Como se prevenir? 

  • Evitando a prisão de ventre, bebendo muita água (mínimo 2 L), consumindo fibras e praticando uma atividade física!
  • Não adie a ida ao banheiro e não passe muito tempo sentada no vaso sanitário!

Como cuidar das hemorroidas?

  • Consuma mais fibras! Uma dieta rica em fibras, regula o funcionamento do intestino, diminuindo a prisão de ventre e reduzindo o esforço para defecar, o que pode causar ainda mais dor e piorar o quadro;
  • Beba muita água, no mínimo 2 litros de água por dia, evitando o ressecamento das fezes e ajuda na defecação;
  • Use compressas! Algumas gestantes preferem quentes outras preferem frias, elas podem auxiliar a aliviar a dor, veja qual você prefere;
  • Faça banhos de assento com água morna! Eles ajudam a aliviar os sintomas e funcionam como anti-inflamatórios. Não há necessidade de acrescentar nada na água.
  • Evite ficar sentada! Deite-se de lado sempre que possível. Caso precise ficar sentada, alterne entre sentar-se e caminhar para evitar que a barriga faça ainda mais pressão nas veias e na pélvis;
  • Cuidado com a limpeza! Use água, lencinhos umedecidos para bebês ou próprios para limpeza de hemorroidas. Evite papel higiênico, lenços com perfume ou álcool, que podem irritar;
  • Procure um proctologista! Existem medicações que podem ser utilizadas na gestação. Este especialista pode fazer uma avaliação e prescrevê-las.

Segundo o Blog Einstein, cerca de 15% das grávidas são afetadas por esse problema, mas devem desaparecer em até três meses após o parto!

Beijos

Angi

Fonte Baby Center Brasil e Blog Einstein 

Comente pelo Facebook

Leia mais!