21.nov.2014

Medicar ou não antes de Vacinar?

Olá Gurias,

Adorei a nova “Casa” da Angi! Dá a sensação de que estamos, literalmente, EM CASA. É muito acolhedor, e vocês o que acharam? A minha “casa” ainda é a antiga, e precisa de uma reforma. Prometo que está no projeto. Enquanto isso, convido, quem ainda não conhece, a vir me visitar no www.seupediatra.com, e curtir a FanPage (AQUI) para estar em dia com novas informações.

Na semana vocês viram que “nosso” Antônio (4 anos acompanhando a Angi, sentimos que ele é um pouco “nosso”, não é?) tomou vacina e ficou um pouco dolorido. Surgiram então muitas perguntas. Hoje vamos falar um pouco sobre medicar ou não antes de vacinar, para evitar reações, como a febre. Para próximos posts podemos falar mais das reações às vacinas.

Vocês já me conhecem! Sou como uma criança de 3 anos: Não basta responder que SIM ou NÃO, tem que dizer “o PORQUÊ?”. Então vamos desde o início:

O que é e qual é a função da vacina?

A vacina é um “pedaço” de um vírus ou bactéria. Quando recebemos a vacina, nosso sistema imunológico (“os soldados), vão produzir ”armas” (anticorpos) para destruir esses “pedaços”.

Quando um dia, o vírus ou bactéria, de verdade, tentar entrar no nosso corpo, já temos as “armas” para destruí-lo e não vamos ficar doentes. A ideia é essa: prevenir as doenças.

Por que a criança pode ter febre quando toma vacina?

Lembra do dia que falamos sobre “Febre – Amiga ou Inimiga”? Lá explicamos que a febre é como um ”GRITO” dos nossos soldados, chamando outros para ajudar. Quando tomamos uma vacina, estamos simulando uma infecção para nosso organismo. E, por isso, algumas pessoas podem ter febre, para chamar outras células para produzirem anticorpos contra a vacina. São poucos os que tem febre. Varia de pessoa para pessoa, a mensagem para chamar os outros soldados pode ser mais leve, e a pessoa não apresentar febre, nem nada, e só produzir os anticorpos.

Qual o problema de medicar antes de vacina?

Alguns estudos viram que dando antitérmico antes apresentar algum sintoma, essa mensagem, ou esse “grito” poderia ser abafado, diminuído, e isso faria com que algumas pessoas não produzissem os anticorpos contra a vacina, e ficariam sem proteção, ou com pouca proteção contra a doença.

Algumas mães acham que não podem dar remédio antes da vacina mas dão logo depois de tomar a vacina. E o que diz o estudo é que os que tomaram remédio sem ter nenhum sintoma, mesmo depois de tomar a vacina, tiveram níveis de anticorpos mais baixos.

Quando vale a Pena medicar ANTES?

Não quer dizer que todos que usarem remédio antes da vacina, ficarão sem proteção. Acontecerá isso apenas com alguns deles.

Em crianças que apresentaram reações graves em doses anteriores, ou que tenham algum risco, pode ser que o pediatra mande tomar o remédio antes de vacinar. Porque, nesse caso, o risco de apresentar reação é maior que o benefício te ter a imunidade completa contra a doença.

Por isso, o melhor a fazer é seguir a orientação do Seu Pediatra, em relação à qual remédio usar, em que dose, e quando você vai precisar usar. Jamais medique por conta própria.

E aí? Ficou mais claro?

Não vejo a hora que chegar a próxima sexta-feira para voltar conversar com vocês do Mãe De Guri. Nesse meio tempo, passa lá em casa pra gente conversar também: seupediatra.com

Beijos,

Dra. Fernanda Freire

Comente pelo Facebook

Leia mais!