6.abr.2016

Meu filho está com impetigo, é grave?

Oi gurias! Hoje o texto foi escrito pela Dra. Fernanda Freire, pediatra em São Paulo, e autora do blog seupediatra.com. Convido vocês a curtirem a fan page Seu Pediatra se quiserem receber informações de qualidade e/ou consultar com ela. 

Só pelo nome a doença já assusta: Impetigo! Vamos conhecer um pouco mais o que é impetigo?

Impetigo é uma infecção bacteriana da pele, é muito comum na infância, principalmente entre 2 e 5 anos, mas pode acontecer em qualquer idade.

As bactérias responsáveis por essa infecção podem ser o Streptococcus pyogenes ou o Staphylococcus aureus. Algumas vezes essas bactérias já estão na nossa pele, sem causar nenhum problema, pois a pele íntegra é uma barreira para ela. Mas uma ferida, pequeno corte, picada de mosquito ou mesmo a pele muito seca, que tem pequenas fissuras, podem facilitar a entrada da bactéria na camada mais interna da pele e causar a infecção.

Quais os sinais de impetigo?

O impetigo começa como se fossem pequenas picadas de mosquito, que logo formam pequenas bolhas com pus e depois se forma uma crosta amarelada por cima. O número das lesões vai aumentando. Você pode notar um aumento dos gânglios nas regiões próximas.

Não é comum ter febre, mas ela pode acontecer em casos muito extensos ou quando as bolhas são maiores e a pele fica mais comprometida, como no chamado impetigo bolhoso.

Outra forma mais grave do impetigo também é o ectima, quando a bactéria atinge camadas mais profundas da pele e se formam úlceras, feriadas maiores, e crostas mais grossas.

Impetigo pega?

Se uma criança tem contato com a pele de outra pessoa que está com impetigo, a bactéria provavelmente será transmitida, e ficará na pele por algum tempo. Se a bactéria encontrar qualquer facilidade para entrar na pele (como as feridas que eu falei acima), ela vai causar a infecção também.

Por isso, deve se evitar o contato direto com quem está com a infecção e evitar compartilhar objetos, até que as lesões estejam secas.

Como é o tratamento do impetigo?

Por ser uma doença causada por bactérias, seu tratamento é feito com antibióticos. Quando está no inicio, alguns casos podem ser tratados com pomadas de antibióticos. Se tem muitas lesões, ou se são casos mais graves podem ser necessário o uso de antibióticos por via oral.

Quais as complicações do impetigo?

O impetigo pode evoluir com infecções de pele mais graves e mais profundas, como a celulite e erisipela, onde será preciso fazer o tratamento com antibiótico oral, e algumas vezes pode ser preciso internar para fazer antibiótico na veia.

Outras complicações que essas bactérias podem trazer são a Febre reumática e a glomerulonefrite pós-estreptocócica, uma doença do rim. Essas são complicações causadas pela produção de anticorpos que acabam atacando o nosso organismo. Por isso a importância de tratar essas infecções logo no início para evitar o contato prolongado com a bactéria. Mas mesmo com o tratamento correto essas complicações podem acontecer.

Ficou mais alguma dúvida? Passa lá pra gente conversar!

Beijos,

Dra. Fernanda Freire

Pediatra em São Paulo

www.seupediatra.com

Comente pelo Facebook

Leia mais!