3.maio.2011

O cúmulo da mãe…

Estava fazendo almoço, legumes cozidos, frango, e o papai faria a massa na panela de pressão, eu tenho um problema sério com panela de pressão, juro que outra hora conto aqui, mas a panela já explodiu na minha mão!Como?Eu abri, juro que não sabia que não podia abrir para ver se estava cozinhando direito!ABAFA!

Guto pediu para eu cortar uma cebola, eu perguntei se era para picar, ou cortar em rodelas, pergunta tosca,né?É lógico que era pra picar. Então,descasquei a cebola, lavei (se lava cebola minha gente?), e pensei: -“Mas como corto? Na horizontal?Vertical?Como se pica uma cebola?” Não pensei duas vezes, peguei o mixer (de papinha do baby) coloquei a cebola cortada no meio, e já eras, tudo picadinho, como o papai queria. Estava lavando tudo, para ele não ver que não sei cortar cebola, mas ele chegou bem na hora. E o pior foi que nem se admirou que eu não cortei na mão,acho que esses anos de convivência ele já esperava que fosse me virar!

Faz muito tempo que não corto cebolas, eu cozinho todos os dias, arroz, legumes, faço um bife grelhado, mas o maridon é que faz muitas coisas por aqui, ele faz molho de tomate caseiro, a gente congela e come em uma ou duas semanas. Ele faz feijão e a gente congela para uma semana, lentilha, carne de panela. Ele é demais mesmo, e hoje quando normalmente ele chega e já está tudo pronto, ele ainda fez a massa na panela de pressão, fica uma delícia, e é super rápido!E voltou correndo para o trabalho,LINDO!

É o cúmulo da mãe, mulher não saber por onde começar para cortar uma cebola…só rindo mesmo!

E nem querendo dá para fazer tuuudo, ainda bem que tenho o melhor “pai-marido” desse mundo!

Comente pelo Facebook

Leia mais!