26.set.2011

O meu quase desmame natural foi…

Ainda amamento o Antônio, já falei sobre minha experiência de amamentação aqui e aqui
Não levanto bandeiras mil sobre amamentação, sempre amamentei em livre demanda até os 6 meses, depois fomos introduzindo alimentos sólidos e as mamadas naturalmente reduzidas. 
Acredito que é o melhor para ele e pretendo fazer até os 2 anos, ou até enquanto ele quiser!
Eu acho que a amamentação é algo muito pessoal, e acho que cada mãe sabe o que é melhor para si e para o seu filho, sem culpas e sem pressões!
É um momento nosso, ele ama e eu também, não sei quem curte mais…
Eis que esses dias ele não quis mamar nada antes de dormir e por mim tudo bem,né? Pensei que deveria estar satisfeito e/ou não estava mais afim. Confesso que doeu um pouco, porque pensei que se soubesse que naquela manhã seria a última vez eu poderia ter aproveitado mais aquele momento!Vocês me entendem,né? Claro que sei que já amamentei horrores e que Antônio está um gurizinho que faz suas escolhas, e se deixar de amamentar é a escolha dele, a mãe (louca) que aceite e a vida segue…(canceriana é dramática gente, então põe na lista, mãe, canceriana e de TPM…imaginou?)
E também sei que um desmame natural por escolha dele é muito melhor para ele…
Pela manhã eu ofereci o mama e ele mamou um pouco, mãe brasileira não desiste nunca, e no meio da manhã ele quis de novo, e para alegria de mãe a noite mamou como um bezerrinho… e assim é até hoje!
Ufa, sabe que me deu um alívio, uma sensação boa e percebi que não estou preparada para esse desapego!
Não sei se ele não quis naquele momento, ou se em breve irá acontecer o desmame natural, mas sei que vou aproveitar ainda mais esses momentos, pois na hora que vi que talvez não fosse mais amamentar deu um desesperosinho!
Esses dias li no blog da Tchella que aconteceu algo parecido com ela, como as mães sofrem!
Por aí já aconteceu de ele não querer num dia e bater o desespero na mãe?
Confessemos…

Comente pelo Facebook

Leia mais!