21.maio.2013

Otites {Fala, Fono!}

Oi, mamães! Hoje vou explicar um pouco sobre as otites, que estão sempre presentes, incomodando nossos pequenos, principalmente nesta época do ano, onde o clima muda constantemente.
O que são otites?
As otites são as doenças mais comuns na infância. Elas normalmente surgem após um quadro de gripe ou resfriado. São infecções no canal do ouvido, mais precisamente no ouvido médio, afetando a membrana timpânica, o que provoca dor, algumas vezes sem febre no estágio inicial, ou febre, sem queixa de dor no ouvido (OTITES SILENCIOSAS). As otites também causam diminuição da audição e sensação de abafamento, causada pela quantidade de inflamação no canal do ouvido.



Crianças com otites de repetição devem ser acompanhadas por um médico otorrinolaringologista, pois existem alguns fatores que pré- dispõem o aparecimento da doença, como aumento das adenóides, rinite alérgica, surtos de viroses ou gripes na escola e filhos de fumantes.



O que fazer para evitar as otites de repetição?
O aleitamento materno transmite à criança uma imensa quantidade de anticorpos e células de defesa e desenvolvem o crescimento craniofacial, diminuindo as chances de refluxo, e, consequentemente das otites, sendo uma “vacina natural”. Crianças que são amamentadas pelo menos até os 6 meses, têm menores chances de contrair otites.

A vacina contra a gripe e pneumonia são medidas importantes para prevenir o aparecimento de novas otites.
Em alguns casos de otites de repetição, é indicado o tratamento cirúrgico, em que o médico otorrinolaringologista introduz um tubo de ventilação na membrana timpânica, para que ela permaneça aberta e possa drenar a secreção da otite.
Outra dica muito importante é não inserir objetos como cotonetes, grampos ou outros no canal do ouvido! Procure orientação médica!

 

Então, fiquem atentos às dores no ouvido de seus filhos! Otite é coisa séria!

Abraço,
Taís Alves Batschauer
Fonoaudióloga
CRFª 9309/RS
Porto Alegre
[email protected]

Comente pelo Facebook

Leia mais!