15.jun.2011

Perguntas sobre vacinas…

Melhorei, é incrível como uns minutinhos quieta a gente já dá uma melhorada.
Sabe quando a gente tem uma festa muito importante? A gente usa uma roupa toda apertada, mas que ficamos lindas, o sapato lindo, mas que mal conseguimos andar. E durante a festa, a gente se diverte, anda, dança, faz de tudo um pouco, mas quando chega no carro, a gente tira o calçado e sente um alívio e se pergunta,” como eu estava usando esse sapato?” Foi assim, depois que acabei, sentei, e me perguntei como fiz, ainda mais com o Antônio, que exige um pouco de atenção, mesmo assistindo Pocoyo (desenho que ele mais ama)! Bom, fiz, deu tudo certo, espero que tenham gostado lá no trabalho da minha sogra!

Ah, sobre as vacinas…então, eu dei a primeira vacina BCG em clínica particular, amei, o atendimento é excelente, se pudesse com certeza daria sempre lá!Infelizmente, tive que dar em posto, ao menos as que tem em posto público. Aqui, ou em Porto Alegre, onde dei as vacinas até o 8º mês do Antônio, eu achei muito ruim. O atendimento é péssimo, eu sinto que todas as pessoas, desde a recepcionista, o guarda, a enfermeira,as técnicas, todos esses profissionais estão super insatisfeitos, e se reflete no nosso atendimento, e do nossos filhos.
Resumindo, em Porto Alegre eu comecei indo pela manhã, daí me estressei com uma atendente, que quase engasgou o Toni dando uma que era líquida, não lembro do nome se alguém souber pode me corrigir que arrumo aqui, ela começou a dar, ele engoliu aos poucos, e daí ela deu tudo, e ele se engasgou, ficou roxo, eu chamei o marido, e antes do Guto pegar, a senhora fez o favor de assoprar a cara do guri. Daí pediu desculpas, disse que não deveria assoprar…e blá,blá,blá….depois daquele susto, que quem resolveu foi o pai com tapinhas nas costas, a gente mudou o horário para tarde. A senhora era simpática, e atendia muito melhor, mas mesmo assim, não mostrava a validade da vacina, nem respondia a todas as perguntas, e falava para eu perguntar para a pediatra. Um dia, fomos a tarde, e era a senhora da manhã, então percebemos que elas tinham mudado de horário, não tinha mais um horário certo, e não queria mais ir naquele posto. Isso coincidiu com a nossa mudança, e ele quase não tinha mais vacinas a fazer, só com 1 ano, e a da gripe.

Ficamos naquele faz não faz a vacina da gripe, e resolvemos fazer, pois a pediatra recomendou, então fiz aqui  onde estamos morando, e posto cheio, em péssimo estado, sem nem uma toalhinha descartável, ou papel na maca. As pessoas mau humoradas, e levei meu lençol, ele tomou a primeira dose e beleza.

Hoje fomos tomar a segunda dose. Dei boa tarde ao guarda, ele nem as horas me deu. Fui na recepção, e a senhora não sabia se tinha a segunda dose, inclusive achava que estava em falta. Ela pediu para eu ir falar com as enfermeiras perguntar. Ai gente, na boa, ela que vá perguntar, fala sério. As enfermeiras estava tomando café, tinha muita gente, criança tossindo, adulto tossindo, e as enfermeiras dando risadas no refeitório. Eis que eu fui, até a parte restrita, fiquei na porta e chamei: ALGUÉMMM?? Apareceu a moça da limpeza, eu perguntei se ela podia perguntar a alguma das moças da vacina. Ela volta, e disse que elas falara para eu perguntar na recepção. CÉUS, eu tinha acabado de vir da recepção, passado num correedor minúsculo, com o carrinho, e perguntado na recepção.

Esperei mais 10 minutos as bonitas tomarem o café, e elas chegaram e disseram que tinha a vacina.O QUE CUSTAVA DIZER ANTES?? Daí foram chamando as pessoas para vacina, e depois de um tempo chegou a nossa vez. Ela não me mostra a validade da vacina, não coloca o algodão depois da vacina, chega ali na maior, pega a perna grossa do guri, e tasca a agulha sem mais nem menos. E fica com cara de concha se peço para ver a validade, VAMOS PENSAR JUNTAS…Se vou no supermercado, e olho a validade de todo alimento, por que raios eu não vou querer ver a validade de uma vacina que vão fazer no meu filho???Fui embora, guri berrando(tadinho,como dói em mim), no colinho, carrinho na outra mão, 2 degraus enormes para descer e nem uma rampinha, e o guarda simpático nem para me ajudar a descer o carrinho!!!VALEU,TIOZÃO!

Agora me pergunto, será que isso só incomoda a mim, ou isso também incomoda vocês??
Será que seria difícil os postos de saúde pública terem o mesmo atendimento que os particulares?

Gostaria muito de saber como funciona a vacinação nos postos por esse Brasil a fora?


Se vocês puderem responder a essas perguntas eu adoraria!Se alguém tiver algo mais a acrescentar fique bem a vontade!
* Vocês pedem para ver a validade e/ou a enfermeira mostra?
* Tem algum papel/toalha descartável na maca do posto de saúde que vocês frequentam?
* Elas sempre colocam o algodão depois da vacina?
* O posto tem acesso a rampa para carrinhos, cadeiras de roda?
Isso é um desabafo, cheguei em casa bem chateada com esse sistema de saúde público, uma pena, onde nossos impostos vão parar??ONDE??
Um beijão nosso

Comente pelo Facebook

Leia mais!