18.nov.2020

Por quê resolvemos morar fora do Brasil?

Oiê pessoal!

Hoje vim compartilhar com vocês sobre: “Por quê resolvemos morar fora do Brasil”?

Sinceramente, foi uma decisão tomada depois de muuuuuito pensarmos. Tenho uma amiga, a Lu Hoffmann que atualmente mora em Espanha. Um dia ela me contou que tinha o sonho de morar fora do Brasil, eu a chamei de LOUCA! SIM, eu achei LOUCURA ela e a família deixarem TUDO que construíram no Brasil: família, amigos, estabilidade profissional e financeira, casa própria, carro… hoje sei que é CORAGEM a palavra que melhor a define, e todos que saem do seu país por um objetivo.

A nossa vida foi acontecendo, com o nascimento do Santiago, algumas coisas começaram a me incomodar. Eu desejava que os guris tivessem um futuro com mais oportunidades, e sabia que no Brasil teríamos que trabalhar muito mais do que já trabalhávamos para tal.

Nós tínhamos uma vida MUITO BOA no Brasil, nunca reclamei e nem reclamarei! Meu marido trabalhava numa ótima empresa, e que gostava muito, tinha colegas de trabalhos que eram amigos, morávamos numa cidade do interior, numa ótima casa, com quintal, cachorros, gato, galinhas… a vida simples, vivida em paz, que a gente sempre sonhou!

Mas a realidade, que talvez muitas de vocês não saibam, é que não moraríamos para sempre ali. O Guto trabalhava em obras, então mais cedo ou mais tarde a obra em Santa Catarina acabaria, e voltaríamos para Canoas, onde é a sede da empresa do marido. E, definitivamente, não nos víamos mais a morar lá!

Também pensávamos que quanto “antes” essa mudança acontecesse, mais fácil seria a adaptação dos guris, porque quanto mais raízes fincássemos por lá, mais difícil seria imigrar para todos nós!

Eu comecei a falar sobre morar fora do Brasil em 2016 para meu marido. Mas ele estava num cargo ótimo na empresa, e me pediu para não falar sobre isso por um tempo, pois ele não queria nem pensar! Eu respeitei, mas segui fazendo algumas pesquisas sobre morar fora do Brasil, e também orava para que se fosse da vontade do Pai, que o Guto também desejasse a mudança tanto quanto eu. E com o tempo, ele passou a desejar a mudança, e assim começamos nosso planejamento, que será assunto para um próximo post!

O principal motivo da nossa mudança é o futuro dos guris!

Queremos proporcionar educação de qualidade, sem que tenhamos que pagar altíssimo por isso. A segurança também é um dos principais objetivos, umas vez que, já sofremos assalto a mão armada e depois disso o medo nos ronda sempre. Acesso a saúde pública e “gratuita” era um sonho, pois no Brasil sempre tivemos convênio médico e só quem tem sabe quanto gastamos por ano, por algo que rezamos todas as noites para não usarmos. E por último, mas não menos importante, queríamos ter uma experiência de morar fora do Brasil, viver uma cultura diferente, conhecer pessoas novas, tradições novas, e termos a oportunidade de sair da zona de conforto.

Confesso que sair da zona de conforto não é uma sensação muito agradável, mas é empoderadora!

Angi simon

Imigrar não é para todo mundo! Tem que ter MUITO PLANEJAMENTO, não apenas financeiro, mas psicológico.

Você precisa ter os motivos da mudança claros, pois senão na menor dificuldade você irá se perguntar: “o que estou a fazer da minha/nossa vida?” Creio que todo imigrante já se fez essa pergunta, mas quando você sabe o que quer, você segue em frente e enfrenta o que for preciso!

E vocês, gurias? Quem aí mora fora do Brasil, o que as motivou a mudar? E você que quer mudar, sabe os teus motivos?

Beijos

Angi

Comente pelo Facebook

Leia mais!