16.out.2015

Pratique Yoga na gestação!

Mamães, são incontáveis os benefícios da Yoga na gestação, hoje vim falar sobre eles!  Como praticante e amante, acredito que toda mulher que está gestante deveria se presentear com a pratica do Yoga, a sutileza e o encontro do eu feminino é único e pleno, essencial para a gestação, parto e pós parto. Contribui imensamente para o empoderamento da mulher, acreditando na natureza e força do seu corpo. É um momento de intensa transformação para a mulher, e se tratando de uma pratica milenar que ajuda a promover uma gestação saudável e confiante vamos falar mais dos níveis que pratica é capaz de atingir.

O desenvolvimento da consciência corporal, o preparo para o parto, a vinculação com o bebe e toda atuação a nível físico, energético, mental, emocional e espiritual, são apenas umas das sensações benéficas quando se realiza a pratica, e essa é levada para toda a vida como um “print cerebral”.

Precisa de mais? Sim claro, não podemos esquecer dos Pranayamas que são as técnicas respiratórias, as respirações aumenta a capacidade respiratória, promove equilíbrio e estimula os chacras. O resultado de tudo isso é uma respiração mais ampliada da gestante, útero relaxado e placenta oxigenada para o seu bebe.

A meditação entra para finalizar sua pratica, aumentando a produção de hormônios, responsáveis pela sensação de bem estar diminuindo o estresse.

Guerreiras Yoga

Uma das filosofias do Yoga são os Asanas. Na foto as gestantes fazem a postura da guerreira, traz força, vitalidade, favorece alongamento e força de membros. Foto By Milena Ester

Ha estudos que mostram sua eficácia de forma positiva tanto para mãe e bebe. E vou listar alguns deles aqui para vocês.

 

  • Favorecimento da comunicação mãe e bebe.
  • Alivio e prevenção de dores nas costas.
  • Aumenta a circulação sanguínea, diminuindo edema e varizes.
  • Recuperação mais rápida no pós parto.
  • Fortalecimento global da musculatura.
  • Trabalho consciente da musculatura do assoalho pélvico (períneo) para o parto.
  • Promove respiração mais longa e continua.
  • Melhor equilíbrio nas alterações de humor.
  • Alivio da prisão de ventre.
  • Redução da ansiedade.

Além de que todas as respirações(pranayamas) e posturas (asanas) em especial o Gato e a Vaca realizadas na fase dos prodomos libera tensão do quadril, as praticas servirão como referencia para a mulher no trabalho de parto, para melhor se perceber e reconhecer, sentindo-se mais confiante e buscando uma postura melhor que promova-lhe  relaxamento e conforto na hora das contrações. Não  podemos esquecer dos mantras ou musicas sem letra que ajudam a diminuir a ansiedade na fase de latência, por não ativar córtex cerebral.

3 panças

Momentos de contato, respiração e entrega. Foto by Milena Esther

 

Apesar de ser uma pratica sem contra indicações, gestantes de riscos devem consultar seu ginecologista obstetra.       

Até o próximo post, mães!

Beijos Lu

novacolunista_Luciana

 

 

Comente pelo Facebook

Leia mais!