15.nov.2017

Recentemente Mãe de Três  (Relato) (O que ninguém te conta)

Oi gurias, tudo bem? Hoje o post é da Gabriela, uma leitora do Blog que compartilhou sua história, seus sentimentos, e tenho certeza que muitas irão se identificar. Não é fácil se expor, nem assumir alguns sentimentos que temos, mas acredito que só assim para refletirmos, evoluirmos e sermos melhores a cada dia! Gabi, que Deus te dê forças para superar todas as dificuldades com alegria e amor!
Essa imagem é perfeita, quando tirando o corretivo e a base e olheiras predominam!!
Tem muita diferença psicológica uma gravidez planejada e outra não (no meu caso foi), eu não planejei a minha terceira gestação e desde o início foi um turbilhão de sentimentos, desespero, mas principalmente a TRISTEZA. Como assim a tristeza?! A gravidez é pra ser um momento “mágico”, “maravilhoso”, “inesquecível”, “perfeito”, (pelo menos as minhas duas últimas foram) 
Como que eu poderia estar sentindo todo aquele sentimento horrível em um momento que era pra ser “incrível”, pois é isso também pode acontecer e no meu caso infelizmente eu não conseguia encontrar a felicidade, era o mais difícil, afinal era a minha filha, era uma vida e apesar de eu não planejar ela estava ali. 
A Manuela ganhou tudo, o quarto ficou lindo, foi muito emocionante ver o carinho de todos ❤
Eis que chegou o dia do nascimento, foi lindo, maravilhoso eu amei a minha filha com o primeiro chorinho dela e eu nem a conhecia ❤ fui muito grata a Deus por aquele sentimento de amor (tinha muito medo por todo aquele sentimento ruim que senti na gravidez)
Os primeiros 30 dias de vida da Manu eu estava em êxtase, parecia estar em transe, parecia estar vivendo a vida de outra pessoa e não a minha, mas estava tudo aparentemente “bem”.
Quando ela completou 1 mês a minha ficha literalmente desabou não caiu, eu tinha 3 filhos ?, isso mesmo que você leu TRÊÊS!! E eu não planejei tudo isso, minha cabeça não estava preparada psicologicamente para tudo isso, antes de engravidar eu estava super magra, a menina nasceu e cade a minha barriga chapada? Foi pro lixo junto com a minha placenta  rsrs, e a besta aqui estava sonhando em sair do hospital com a barriga tanquinho jáá rsrs ohh inocência meu Deus.. 
Eu tive uma cândidiase mamaria que quase morri de tanta dor, a Manuela dorme super mal a noite, tenho que cuidar da casa, marido, dos meus outros dois filhos que também não estavam preparados psicologicamente para “perder a mãe”, quando eu estava grávida o meu maior medo era como que eu poderia ter outro bebê se o Vitor ainda era um bebê, mas a Manu nasceu e eu me dou tanto cuidado dela e do Vitor que a Helo acaba ficando “largada” (na minha cabeça né porque a Helo é um docinho, está extremamente apaixonada e feliz por ter mais uma irmã e está lidando com toda essa bagunça na minha cabeça muito melhor do que eu!) 
E sabe qual foi a única coisa que eu fiz dos 30 aos 60 dias que a Manuela nasceu? Chorar e muito! Chorei porque eu estava me sentindo péssima, péssima em tudo, péssima mãe, péssima companhia, feia e o único sentimento que estava predominando novamente era TRISTEZA, mas que saco de tristeza que não vai embora e não me deixa ser feliz!! 
Bom se tem uma coisa que aprendi nesses 2 meses de vida da Manu é que eu não sou a mãe perfeita e eu não vou conseguir ser nunca, como uma amiga me disse eu sempre vou ser a melhor mãe que eu puder ser no momento. O novo assusta a todos, mas aos poucos tudo se ajeita, essa semana mesmo eu consegui limpar a casa, lavar, passar e cozinhar sozinha com os 3 em casa olha o progresso rsrs ??
A você que está passando ou vai passar por tudo que eu passei e estou passando uns conselhos, converse, desabafa, você não é a primeira e não vai ser a última a ter e sentir coisas ruins durante esse período tão “lindo” acredite, se você está percebendo que não está bem, não fique sozinha é perigoso(na sua cabeça vai passar coisas que você vai achar de verdade ter enlouquecido), outra coisa extremamente importante que minha amiga Ju me falou e me serviu muitoo peça ajuda, você não vai conseguir sozinha, pedir ajuda te da muito descanso pra cabeça, volte a fazer o que você gosta e o que você sabe que vai te fazer bem, mas com calma rsrs lembre que com filhos nada vai ser como antes, mas aos poucos tudo vai se encaixando, saia sozinha nem que seja 5 minutos pra ir ao mercado comprar sabonete, aos poucos a sua identidade de mulher vai voltando, as roupas vão voltando a servir, a sua auto estima vai voltando, não é fácil, não mesmo! Mas eu estou sendo sincera com você não vai ser fácil mesmo, mas você também vai conseguir⚘, você vai se acostumando a nova rotina e logo vai tirar de letra (isso eu ainda estou aprendendo rsrs)
Já você que nunca passou e não tem idéia de tudo isso que mencionei no meu relato, com todo o meu maior respeito do mundo FICA QUIETA(O) guarda o sua linda opinião pra você, você não tem idéia do que está passando por trás do sorriso de alguém e eu te desejo do fundo do meu coração que você nunca precise passar para aprender! Não tem sentimento pior nesse mundo 
Eu agradeço muito pelo meus pais, meu esposo, minhas tias, minha prima, ao meu médico, eles tem me ajudado muito, principalmente psicologicamente e isso tem feito a grande diferença na minha vida, me ajudado a chorar cada dia menos, a aceitar a minha nova realidade e a amar a cada dia mais essa minha nova vida e esse é só o começo que venha os próximos capítulos rsrs ❤
#AVerdade #SemFiltro #MãedeTrês #Depressão #TudoPassa #NinguémÉPerfeito #EuVouConseguir #VocêTambémVai #VocêNãoÉaúnica #NãoEstáSozinha

Comente pelo Facebook

Leia mais!