27.jul.2016

E o repouso continua …

Gestante Angi Santiago 743

Foto: Luciana Hoffmann Fotografia

Oi gurias, tudo bem? Conforme já tinha contado AQUI no Blog, estou de repouso… hoje vi para contar como tem sido o repouso e que ele continua, estou com 2cm e colo alterado. 

Quando eu soube que teria que fazer repouso, me desesperei! Pois além de ser impossível fazer repouso com 2 filhos, me culpei por ter exagerado e precisar de repouso. Sabemos o quanto a gravidez é um milagre e o quanto ela é sensível. Mas a cada dia, nós mulheres conquistamos mais espaço, e conquistar novos espaços, também tem seu lado ruim… hoje em dia o que mais ouvimos é que gravidez não é doença. Claro que não é doença, mas precisamos de mais cuidado do que quando não estamos… não é doença, mas estar grávida é ter mais uma (ou mais) vida(s) para cuidar! Muitas vezes, me sentia cansada, mas sentia que tinha que dar conta, afinal, gravidez não é doença… Quem aí já passou por alguma situação chata estando grávida? Seja na fila preferencial do supermercado e olharem torto, como se tu não precisasse de fila preferencial? Pois é, só que muitas vezes precisamos sim, nos cuidar mais, e sem culpas!

A minha mãe não mora aqui! O maridão tinha uns dias de férias, mas que iria tirar quando Santiago nascesse, mas na situação que e ele tirou antes, pois o mais importante é que ele nasça no tempo certo! Depois das férias do marido, minha mãe tirou uns dias de férias e está aqui para nos ajudar! Estamos de repouso desde as 28 semanas, já estamos com 32 semanas, e assim seguimos até as 36 semanas, depois talvez esteja mais liberada..

O lado mais difícil do repouso!

Sem dúvidas, o mais difícil é pensar que o bebê pode nascer antes do tempo, sem estar totalmente prontinho… mas evito pensar nisso. A cada noite, rezo e agradeço a Deus por mais um dia grávida, converso com Santiago e falo para ele esperar mais um pouco, que já vamos nos conhecer! 

Depois disso, o mais difícil é depender dos outros… mesmo sendo marido, mesmo sendo mãe, é muito difícil ficar pedindo tudo, me sinto super mal, até porque sou super ativa, mas sei que tem um ótimo motivo. Mas mesmo assim, tem dias que acordo e quero fazer tudo, cozinhar, arrumar as coisas e não posso…. 

Ah, outra coisa beeem difícil é que ficar sem poder se mexer muito faz engordar, então tudo que cuidei a gravidez inteira, agora não tem adiantado muito e já engordei uns bons 10kg.. mas sei que é o de menos e que depois eu vou ter que correr atrás… 

O lado bom do repouso!

Mimos! Sim, amo café na cama/sofá, ganhar a comidinha preferida, sopinha de mãe, massagem de filho, colo de mãe, carinho do marido, essas coisas boas que só mãe, marido e filhos fazem por nós! 

Dormir, sim, durmo muito, até o máximo que consigo ficar na cama! rs

Assistir filmes e seriados! Ah, amooo e tem noites que a insônia vem e assisto filmes até 3 da manhã… 

Ler livros! Agora não tem desculpas para não ler, então estou colocando a leitura em dia… 

Não fazer nada! SIM, tem horas que não faço nadaaaaa, e tem horas que é bom! 

Não é fácil, mas é necessário!

Quando falei que precisaria de repouso, muitas leitoras falaram que também precisaram e deu tudo certo. Algumas comentaram que precisavam, mas que não conseguiram fazer, porque com filhos é difícil. Eu concordo, é difícil, nem sempre temos com quem contar, mas temos que dar um jeito! Vivemos numa época difícil mesmo, fico muito triste quando vejo que as prioridades estão mudando tantoooo… o que é mais importante que a saúde de um filho? NADA! Então tem que dar um jeito e repousar…Se é necessário temos que dar um jeito!! 

É isso, gurias! O repouso continua, mas estou feliz que está dando tudo certo, mais umas 4 semanas e já ficamos mais tranquilos. Estamos vivendo um dia após o outro, uma semana após a outra e logo chegará setembro … e o Santiago! 

Ahhh, e teremos que cancelar o Chá do Santi, que seria esse domingo. Vamos adiar, ou faremos Chá de Boas Vindas!

beijos

Angi

 

Comente pelo Facebook

  • Marina Bastos

    Oi! Descobri que tinha incompetência istmo cervical com 21 semanas e fiz repouso até 38. Fiz cerclagem. Tinha uma filha de 1 ano e 5 meses e foi extramamente difícil fazer o repouso. Não podia tira-la e nem por no berço, nem na cadeira de alimentação e nem na banheira. Só brincava com ela no sofá. Não tinha nenhum parente próximo e dependi da empregada com horas extras e o marido tb se esforçou. Mas valeu a pena, ele nasceu com 38 semanas, super saudável.

Leia mais!