9.jan.2015

Será que meu filho precisa de vitamina?

Feliz 2015 Mães de Guri e Gurias. Eu sou Dra. Fernanda Freire, do seupediatra.com e esse ano promete muitas novidades lá no site. Não esqueça de curtir nossa FanPage para ficar por dentro. Hoje abrimos o ano cumprindo nossa missão semanal aqui no MãedeGuri: Liquidar as dúvidas que nós mães sempre temos. Afinal, queremos o melhor para nossos filhos.

vitaminas bebe

Às vezes o recém-nascido sai da maternidade já com vitamina para tomar. Mas pode acontecer de a mãe não entender direito porque ele precisa da vitamina, ou ela pode pensar que o leite dela não tem todas as vitaminas.

Por isso, é importante esclarecer alguns pontos para que não reste dúvida de que o leite materno é sempre o melhor alimento para o bebê. Pode ser que o pediatra prescreva vitamina D e o Ferro, vamos entender um pouco mais sobre isso?

Por que a Vitamina D é tão importante?

Já não é novidade que a Vitamina D ajuda na formação dos ossos, deixando-os mais fortes e saudáveis. Além disso, cada dia se descobre mais funções para essa vitamina, e se pensa inclusive que ela é quase um hormônio de tantas funções que acumula. Ela ajuda a fortalecer o sistema imunológico (que protege de infecções) e pode prevenir algumas doenças como obesidade e alguns tipos de cânceres também.

A falta de vitamina D pode demorar para aparecer, mas irá atrapalhar o crescimento da criança e levar ao enfraquecimento dos ossos.

Qual é o papel do Ferro?

O ferro ajuda as células do sangue (hemácias) a transportar oxigênio para todo o corpo. As crianças estão em fase de crescimento, precisam de oxigênio nas células para crescer. Por isso, às vezes, é necessário tomar ferro para evitar que elas tenham anemia, e para não prejudicar o crescimento.

No leite materno não tem todas as vitaminas? Por que precisa complementar?

O leite materno tem todas as vitaminas que o bebê precisa, mas a concentração da vitamina D é baixa. A natureza é sábia, e permitiu que o leite materno tivesse pouca vitamina D porque ela é produzida naturalmente no nosso corpo, quando a pele é exposta à luz do sol. Mas o homem foi destruindo a camada de ozônio, e atualmente existe uma preocupação muito grande com os malefícios dos raios ultravioletas do sol. A pele dos bebês é muito sensível e deve ter muito cuidado com o sol. Por isso, hoje em dia, não dá pra ficarmos expostos ao sol. Então precisa complementar a quantidade de vitamina D para o bebê crescer forte.

É recomendado iniciar com a vitamina na primeira semana de vida, por isso que muitos bebês já saem da maternidade com a receita. Mas agora você já sabe o motivo, e pode contar para as amigas que o leite materno nunca é fraco.

No caso do Ferro, o leite materno tem sim a quantidade que o bebê precisa. Mas após os 6 meses o bebê não mama só no peito, começamos com as frutas, depois a papinha. Então, se o bebê continua com o leite materno, que é o melhor, o pediatra vai avaliar a necessidade de prescrever Ferro para prevenir a anemia. Isso vai depender da alimentação dele. Pode ser que ele precise tomar ferro até que consiga ter uma alimentação mais rica e variada. Porque o bebê está crescendo muito rápido, e demora um pouco até que ele consiga comer o suficiente para crescer forte.

Já os que por algum motivo não puderem ser amamentados, e tomarem a fórmula (leite em pó especial para bebês), o pediatra vai verificar a quantidade que eles tomam por dia. E, se for necessário, calcular o quanto de vitamina precisaria complementar ou se não precisa de nenhuma vitamina.

Cada criança deve ser avaliada individualmente pelo seu pediatra, para saber qual vitamina e que dose ela precisa. Lembrando que nenhuma vitamina artificial substitui os benefícios do leite materno.

Dê a melhor vitamina para seu filho, o leite materno. E que ele cresça feliz em 2015!

Dra. Fernanda Freire do Seupediatra.com 

Comente pelo Facebook

Leia mais!