4.jul.2012

Sobre a festa e o PARABÉNS

E no final tudo dá certo…ainda bem! Eu adoro os preparativos das festas, buscas de ideias na internet ou revistas, escolha do tema, dos comes, lembrancinhas e a decoração. Aliás, também acho que o bom da festa é esperar por ela, mas o melhor é poder comemorar com a família e amigos mais um ano maravilhoso!

Assim foi dia 30 de junho de 2012, mais um ano se passou e estávamos juntos comemorando mais um aninho do meu guri, muitas pessoas não puderam estar conosco pela distância, mas estavam bem pertinho, dentro dos nossos corações…

Como vocês me conhecem um pouco, devem imaginar que tudo ficou pronto em cima da hora…eu e minha certeza de que tudo dá certo, estava numa tranquilidade que só. Esse ano não contei com minha super equipe de amigas do ano passado e sim com a ajuda de uma SUPERAMIGA, a Bibi, que veio cedo me ajudar com tudo! Claro que tive ajuda do maridão e dos meus pais! E mais um aniversário do guri que não consigo ir no salão arrumar o cabelo, nem fazer maquiagem, tão pouco as unhas, existem alguma mãe que consegue? Eu estava com o cabelo encharcado e cara lavada, mas felizona com o resultado!

O horário da festa foi ótimo, Antônio estava super descansado, mas como passei a manhã arrumando as coisas, ele estava com saudades de mamis. Além de estranhar um pouco os convidados…pois a maioria ele não conhecia, eram meus amigos, ou amigos do marido. Então ele estava um pouco mais na dele, na verdade só queria saber de brincar no Pula-Pula e na piscina de bolinhas com os amiguinhos!

Confesso que durante a festa eu pensei: “Tenho que aproveitar mais a festa, tenho que sentar e comer alguma coisa, tomar um suco”, mas quem é mãe e metida a organizadora de festa infantil sabe, a gente fica baratinada de um lado para outro conferindo se está tudo bem,se estão todos satisfeitos… e quando vê a festa já acabou…aproveitar o momento, quem conseguir me ensina como!

Então chegou a tão esperada hora…hora do PARABÉNS! De agradecer mais um ano lindo e chorar feito criança! Só que dessa vez não fui eu quem chorou e sim o guri. E por minha culpa, pois a mãe doida resolveu colocar aquelas velas fininhas que “explodem” e ele se assustou…foi um chororô! Um parabéns mais curto que normalmente, mas cheio de carinho e pensamentos positivos, agradecendo tudo de maravilhoso que aconteceu nesse ano!

Depois ele abriu os presentes, se divertiu, pulou mais um pouco no pula pula e eu já estava acabada! A festa passou rápido demais, quando eu vi já estava entregando as lembrancinhas e agradecendo a presença de todos nesse dia tão especial! Mais uma vez agradeço aos amigos que fizeram nosso dia mais feliz!

” Filho, que sempre possamos comemorar esse dia especial com muita saúde, amor, alegria e bolo!No dia 29 de junho nasceu meu presente na vida e nasceu uma mãe, obrigada por me ensinar todos os dias a ser uma pessoa melhor!”

Ah, ainda hoje detalhes da festa!
Beijos

 

Comente pelo Facebook

Leia mais!