13.set.2011

Tem que rebolar e rebolar…

Desde que o Antônio nasceu eu não consegui retornar a minha rotina de exercícios, antes da gravidez eu fazia milhões de coisas, malhava, corria, aula de bike, jump, jogava volei, futebol, fazia qualquer coisa que me chamassem, até rugby eu estava querendo jogar, era toda metida a atleta! A real é que sempre gostei de esporte só que agora não tenho tempo mesmo, e quando dá tempo a preguiça me ganha, ainda bem que a primavera está chegando, acho que dá mais animo,né?
E como mãe eu faço horrores, e não é para qualquer uma não, aí vai…
* Levantamento de bebê, é Tonico para cima, para baixo, adoro brincar de aviãozinho. Ou é colo quando cansa de correr na rua, e aí levanta daqui, de lá, e costas para que te quero! Dói tudo…
* Agachamento para juntar os brinquedos pela casa, claro que brincamos de guardar tudo, mas ele é bebê, e acha que a brincadeira é tirar da caixa, então ficamos horas juntando tudo, e quando vê ele acha que a brincadeira é tirar, então aproveito quando ele dorme e junto tuuudo, um tal de agacha aqui e ali, ai meus glúteos…
* Revezamento de multi tarefas, lavo um pouco a louça, arrumo a cama, volto para a cozinha, ajeito a sala, troco uma fralda, e por aí vai, revezando tarefas até o marido chegar, não tem fim;
* Arremesso de fraldas no lixo, esse eu adoro, porque me lembra basquete, então troco a fralda e arremesso do lado do lixo, depois junto e coloco no lixo, como é aquela lixeira com pedal é impossível arremessar direto, mas eu já vi um lixo que vem com uma cesta de basquete e não vou resistir, ou se duvidar faço um para nós;
* Corrida atrás de um guri correndo por tudo no pátio, e o pior é que em casa mesmo sendo pequeno o apê eu tenho que correr, ele está do meu lado e quando vejo já não está mais, é questão de segundos e confesso que estou com medinho porque só posso fazer algo ou com ele no cercadinho, ou dormindo, então já viu;
* Ainda faço brownie, cupcakes para fora, então é um tal de esquenta a barriga no forno, e esfrio na pia, adoro cozinhar, adoro inventar receitas, mas de vez em quando o cansaço bate na porta bonito, mas força e coragem, quem diria que seria fácil, não é?
* E para terminar um bom alongamento já que massagem não me pertence mais, adoro alongar mesmo, não é sempre que consigo, mas nem que seja na cama, antes de dormir alongar as costas é necessário!!
E não entendo mesmo por que a gente não emagrece horrores, né?
É tanta ginástica nessa vida de mãe que hoje mesmo estou toda descaderada, foi agora a pouco, não sei nem como, se foi no abrir e fechar o forno (estou fazendo cupcakes),ou se levantamento de bebê, mas vou ver se um alongamento resolve senão quero massagem do marido (ouviu,gato?não te faz)!!
E aí, como andam as ginásticas com os filhos e a casa?
Tem que rebolar e rebolar…
Beijo

do google

Comente pelo Facebook

Leia mais!