8.fev.2015

Últimos 5 filmes que assisti no #netflix!

Quem me conhece sabe que sou viciada em filmes e seriados. É um momento que tenho para me distrair. Muitas leitoras me perguntam como eu consigo? A verdade é que assistir um filminho tem me feito tão bem, que tem noites que prefiro assistir um filme a dormir cedo. Eu adoro e sempre indico o Netflix, é barato, pagamos uma mensalidade (R$17,90) e podemos assistir quantos filmes e seriados quiser. Tem quem ache os filmes velhos, mas como não assisto muitos filmes desde que me tornei mãe, tenho achado bem bom. E tem muuuuitos seriados, eu acho que vale muito a pena, sem contar muuuuuuuuito desenho para os pequenos.

Nesses últimos dias assisti a vários filmes, e fiz uma lista para compartilhar com vocês o que achei de cada filme. 

5 filmes_

Regras da Vida ( The cider house rules )

regras_vida

Sinopse: Baseado no best-seller de John Irving, a história de Homer Wells (Tobey Maguire), um garoto sem parentes que passa a ter como mentor um médico de um orfanato, Dr. Wilbur Larch (Michael Caine). Larch ensina a Homer tudo o que sabe sobre medicina e a diferença entre certo e , mas nunca o ensinou as regras da vida propriamente ditas. Quando Homer sai para descobrir o mundo, ele mais excitante do que jamais imaginara, especialmente quando se apaixona pela primeira vez. Entretanto, quando forçado a tomar decisões que irão influir para sempre em sua vida, percebe que no final das contas não pode fugir de seu passado.

Minha opinião: Eu adoro romance, drama e comédia romântica. O filme “Regras da vida” é surpreendente, envolvente, daquelas histórias que te fazem querer participar, sabem? Os atores são demais, me emocionei em vários momentos da história, tanto na história do Homer, quanto das crianças do orfanato.   Nota: 5 ( 1 a 5)

Happy

happy

Sinopse: É um documentário, uma jornada pelos pântanos da Louisiana às favelas de Calcutá em busca do segredo da verdadeira felicidade!

Minha Opinião: O filme me mudou muito, me fez refletir sobre o que quero para minha vida! ASSISTAM HOJE, AGORA! Nota: 10 (de 1 a 5) TOP TOP TOP

A Boa Mentira

boa mentira

Sinopse: Três homens sudaneses, Mamere (Arnold Oceng), Jeremiah (Ger Duany) e Paul (musician Emmanuel Jal), têm a oportunidade de sair do país e conseguir uma vida melhor nos Estados Unidos. Eles são acolhidos por uma assistente social, Carrie Davis (Reese Witherspoon), que pouco conhece sobre o duro passado de cada um. Ela é uma mulher solteira, bem resolvida e muito prática, o que parece estranhíssimo para eles. Aos poucos, tornam-se amigos e descobrem uma nova visão de mundo.

Minha Opinião: SURPREENDENTE! O filme mescla momentos de violência, tristeza, angústia, mas também alegres, divertidos, emocionantes… Nos faz refletir, e dar ainda mais valor a nossa vida. Eu sou daquelas que se coloca no lugar dos personagens, então fui e voltei várias vezes na história e claro, chorei do início ao fim. Nota: 5 (1 a 5)

Sob o Sol de Toscana

sob o sol da toscana

Sinopse: Frances Mayes (Diane Lane) é uma escritora que leva uma vida feliz em San Francisco, até que se divorcia de seu marido. Triste e deprimida, ela decide mudar radicalmente de vida e compra uma casa na Toscana, para descansar e poder terminar em paz seu novo livro. Porém enquanto ela cuida da reforma de sua nova casa acaba conhecendo um novo homem, que reacende sua paixão.

Minha opinião: É um filme antigo, mas ainda não tinha visto. É lindo, emocionante, leve, divertido, e nos faz acreditar EM AMOR e em RECOMEÇOS! Ah, nos faz querer pesquisar preço de viagem para Toscana! rs Nota: 5 (1 a 5)

Precisamos falar sobre Kevin

Precisamos-Falar-Sobre-kevin-poster

Sinopse: Eva (Tilda Swinton) tenta recomeçar a vida com um novo emprego e vive temorosa, evitando as pessoas. O motivo desta situação vem de seu passado, da época em que era casada com Franklin (John C. Reilly), com quem teve dois filhos: Kevin (Jasper Newell/Ezra Miller) e Lucy (Ursula Parker). Seu relacionamento com o primogênito, Kevin, sempre foi complicado, desde quando ele era bebê. Com o tempo a situação foi se agravando mas, mesmo conhecendo o filho muito bem, Eva jamais imaginaria do que ele seria capaz de fazer.

Minha opinião: PERTURBADOR! Como falei, sou dessas que se coloca no lugar das pessoas no filme, e não tem como não se colocar no lugar da mãe. O filme não me agregou em nada, e fiquei mal por alguns dias. Muitas vezes as pessoas colocam a “culpa” na mãe pelos filhos serem como são, ou fazerem o que fazem. Eu não consigo acreditar nisso, para mim cada um é de um jeito, e faz o que faz por sua responsabilidade. Os atores são ótimos, o ator que interpreta o Kevin adolescente é o melhor, eu consegui odiar ele para sempre!rs Nota: 2 (1 a 5)

É isso, filme é algo super pessoal, mas espero que curtam, e se quiserem dar suas opiniões sobre os filmes fiquem à vontade.

Ah, depois voltem aqui e me digam o que acharam, tá? 

Beijos

Angi

Comente pelo Facebook

Leia mais!