16.dez.2020

Um dia,tudo que nossos filhos terão de nós serão nossas fotos…

Nossa família sempre foi “viciada” em tirar fotos, desde as câmeras antigas de rolo ,digitais até a atualidade com celulares. A verdade é que a gente sempre registra tudo! Essa paixão herdei de minha mãe,que sempre fotografou todos os nossos passos e também sempre aparecia nas imagens.

DCFN0013.JPG

 Porém com o passar dos anos, aos poucos ela foi evitando sair nas fotos. Alegava que estava “velha”, acima do peso, descabelada e etc. Essas coisas que nós mulheres sempre falamos, e realmente evitamos aparecer em fotos quando não estamos “produzidas”. Mas em nossos momentos juntas, eu sempre acabava convencendo-a de fazer algumas, ou as “roubava” mesmo sob seus protestos!

 E então, em 2018 minha mãe foi morar com Deus. Foi sem dúvida a maior dor de minha existência e a qual eu ainda estou aprendendo a lidar. Tem dias que a saudade aperta de forma absurda. Mas eu tenho fotografias dela. Várias… e elas me confortam e ajudam a matar a saudade.  

Eu sei que JAMAIS apaga a dor da ausência ou substitui a pessoa dela. Mas gosto de rever o sorriso dela, os cabelos, as suas mãos… São tantas fotos em tantos momentos, que eu agradeço todos os dias por ter essas imagens. Elas me trazem instantaneamente de volta na memória as emoções e alegrias de cada momento vivido.

E é através dessas fotos que sei que no futuro vão permitir ao meu filho que ele sempre se recorde com todos os detalhes da avó e dos incríveis momentos que tiveram juntos. 

Hoje, a única forma que tenho de ver minha mãe é através de fotos e quando a vejo, pouco me importa o cenário ou se ela estava descabelada, acima do peso ou com a blusa velha manchada de molho. Tudo que eu vejo é o brilho dos seus olhos e seu sorriso largo, e então meu coração se enche de amor. 

É justo sobre isso que me refiro: a gente se preocupa tanto com detalhes pequenos, e não nos damos conta que para nossos filhos pouco importa a estética, e sim o sentimento.

Mães, sei que é duro falar isso, mas um dia as fotos serão a única coisa que nossos filhos terão de nós. Então não se escondam das fotos!! Não importa se nosso cabelo não está num dia legal ou se a roupa é “velha”. No futuro isso não fará a menor diferença. A gente anda muito “preso” num padrão decretado pelas redes sociais e fugimos das fotos, por pensarmos que sempre teremos ali um “fiscal” de nossa aparência. Anos depois ,quando a saudade aperta, é o dia a dia e a vida “real” que sentiremos falta, e não do cenário montado pelo estúdio fotográfico!

Isso vale também para as nossas mães! Fotografem elas…tirem fotos delas e com elas! Não espere a festa de fim de ano, o cenário perfeito ou o dia “ideal”. O agora é lindo também, e tem beleza em tudo ao nosso redor, especialmente naqueles que amamos! Às vezes a gente se prende tanto na aparência que corremos o risco de perder o que realmente importa. Façam registros de todos, e assim seremos todos eternos… pra sempre ligados no coração, alma e também nas memórias.

Com amor Ana China —> instagram @anachina_photo

Comente pelo Facebook

Leia mais!